sexta-feira, 19 de setembro de 2008

PARABÉNS MÃE!



MOÇA DOS CABELOS NEGROS

-->
Moça dos cabelos negros
Cada manhã de uma forma
Ora calma, ora enérgica, as vezes se transforma
Mas sempre bela, e venturosa
Tão bonita, batalhadora
Como mantém tal beleza,
Num mundo cheio de tristeza?
Tão forte, sedutora
Moça da pele jovem,
Vivida cheio de experiências,
Experiência de menina, de mulher
Experiência de mãe, minha musa.
Tão bonita, meu amor
Inspira-me, mais que a razão
Doce e sensível como um beija-flor
Preenche de alegria meu coração
Moça de minha prosa,
Digo-lhe a verdade, sobre a mãe majestosa
Que sempre foi e sempre será para mim
Digo a ti, por você meu amor não tem fim!

(Por Joyce Barreto - dedicado a minha mãe - 19/09/2008 -)


Posted on sexta-feira, setembro 19, 2008 | Categories:

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

A LUA





No manto negro da noite
A lua exibe sua beleza no céu
Tão bela ilumina
E trás vida as trevas
Lua divina,
Nunca estás sozinha
Sempre acompanhada
Pelas mais belas estrelas
Lua que presenteia
Os namorados com sua luz e beleza
Luz que acaricia o oceano,
Enriquece os olhos de quem as vê
Mesmo que não haja estrelas,
Românticos a observam e
Contemplando sua beleza
Brincam de decifrar desenhos
Que a enche de graça.
Ah, majestosa lua
Como és bela,
Enobrece a madrugada,
Faz meus pensamentos divagarem
Por espaços desconhecidos, mas tão únicos
Lua inspiradora,
Como é bela!
(Por Joyce Barreto Chicon)
Posted on segunda-feira, setembro 15, 2008 | Categories: