sábado, 12 de setembro de 2009

ESQUECIMENTO



Eu sinto a dor do esquecimento
Sinto saudades da inocência
Penso, imagino e quero apagar tais pensamentos
Ainda não entendo razões de certas fantasias
Que simplesmente aparecem e me fazem sonhar,
Só lembro que ainda existe uma dor,
A dor do esquecimento.

Traída pela própria vontade,
E pelo próprio desejo,
Os sonhos se desfazem como um beijo.

A fé que me dava forças,
Hoje também é esperança,
A dor desconhecida,
Surgiu em meu ventre,
Na minha mente e no que me faz mulher.

Aquelas crenças que fazia parte de mim
Aquela vontade de viver e me permitir
Aquele Deus que sempre acreditei,
Ainda são partes de mim.

Posso sonhar, posso rir, posso amar,
Mas ainda existe aquela dor do esquecimento!

Por Joyce Barreto Chicon

13 Opiniões:

Breno disse...

Além de ser linda sabe interpreta-se muito bem

Postagem muito bonita
Parabéns

Alexsandra disse...

Muito muito lindo.... pouco triste mas verdadeiro

Ricardo Coelho disse...

Belas palavras menina..

Parabéns... :):):)

Gabi Alencar disse...

Que belo...
É, a maioria das pessoas [infelizmente] escreve melhor quando está triste, deprimida. Saem coisas muito boas de um mau tempo.

Belas palavras, e valeu pela visitinha lá no sutil ;)

Jacques Lane disse...

Ae... o importante eh postar o pensamento... parabens pela coragem... kkkkkkkkkkkkkkkkkkk... ta todo mundo mentindo aqui pra cima mas mesmo assim parabens. E se precisar de ajuda pra esquecer conte comigo. hauhauhauha. Saudades sua doida... valews por passar la. Grand abraço.

Silvio Koerich disse...

Rs a jornalista fazendo poemas, muito legal isso, fikei de cara. Tu não tem cara de quem faz poemas não rs

Blog do Deco disse...

Gosto muito de vir aqui.pena que vc nao aparece no meu blog.snif.snif.....snif........hehehehe Bjs!

Marilis Dutra disse...

Oi flor faz um tempinho que não venho no seu blog
parabéns pelo poema
é sempre queremos esquecer o que não foi legal o que causa dor... mas esquecer mesmo pra valer ninguém esquece!!
Beijinhos ;*

waltinho disse...

Incrivel o modo como eu me entendo com tudo que vc escreve... Muito perfeito...!!!

Estarei sempre aqui pra te ouvirr...

um beijoo tuntunzinha!

Paulo Augusto disse...

Mais uma vez dando uma passadinha... rs

Parabéns, ó minha doce jovem poeta jornalista, ou será jornalista poeta?

Expressar os sentimentos, seja em uma canção, ou no papel ou em diversas outras manifestações sempre é muito bom! Traz alívio, inspira! Faz você conversar consigo, e ajuda a entender-se melhor!

Bjuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!!

=7

Pet

♪ Viíh disse...

Belissimas palavras.! Parabééns pelo Blogger xD

Jorge Estevam disse...

Como vai Joy!

Lindo poema,tambem gostei muito do novo template do seu blog ótima escolha! sucesso.

João Pedro Ramos disse...

Bacana, gostei!

Mas muito down...