O diário de Anne Frank


Annelisse Maria Frank ou Anne Frank, uma adolescente judia que viveu a segunda guerra mundial, passando boa parte escondida em um esconderijo com outros judeus, era um anexo de um casarão. Onde registrou todos seus momentos e opiniões em um diário, do qual ela chamava de Kitty. Anne, falava dos medos, da convivência com a família e os outros judeus escondidos com ela, sobre seu crescimento, suas emoções e descobertas.

Após a guerra e depois de descoberto, o diário virouem um livro já lido por milhares de pessoas em todo o mundo. A primeira edição foi publicada em 1947. Alguns trechos em que a menina falava de sua sexualidade e também outros comentários foram cortados por seu pai, que achou melhor não divulgar estas informações, em respeito a Anne.

Quem lê O diário de Anne Frank se emociona com a força que a jovem teve durante o tempo que se manteve escondida, ela descrevia e narrava tudo o que conseguia ouvir, e ver além do que estava no esconderijo. Lá havia um pequeno rádio, do qual eles ouviam as notícias, e conseguiam saber tudo o que se passava sobre a guerra.

Quase no final da guerra, soldados da SS conseguiram descobrir o esconderijo, e levou Anne e as outras pessoas para um campo de concentração. A menina tinha 15 anos quando morreu, mas deixou sua história. Hoje em Amsterdã existe um museu em homenagem a ela, além de um monumento dedicado a ela.

Vídeo com imagens do Holocausto e a vida de Anne Frank


Imagens de Anne Frank





Veja como era o anexo (esconderijo)


Leia mais em: http://www.starnews2001.com.br/anne-frank/diary.htm

12 pensamentos:

Júnia L. disse...

Adorei seu blog.
Nateria super legal sobre Anne Frank.
layout bacana e bem sobrio.
Muito bom...
Te achei no orkut na comunidade de blogs.
Abraços

Marilis Dutra disse...

Muito bom o Post, Matéria mega boa
você deve ter pesquisado muito sobre Anne Frank =)

bjss flor

Rodrigo Cavaleiro disse...

AvainInfluência-me sempre =)
Procurarei o livro, e assim que possível o lerei... talvez eu até pule a minha já enorme lista de livros para ler ... !!

Ainda por aqui ...

Floor de Liz disse...

Eu li esse livro a uns quatro anos atras, umas tres vezes, n era mto ligada a historia da guerra, mas relatos assim, me chamam e chamaram sempre a atenção! Anne frank e mto bom!!!

Samarav disse...

muuito bom.
eu já li o diario dela em ingles e acho maravilhoso ;)

gostei do post. tá otimo

beijo

Thamyzinha Iwasaki disse...

Adorei, muitissimo interessante^_^
muita coisa boa que se pode aproveitar ate para estudo principalmente ou ate como uma maneira de parender mais, adorei^_^

se possivel da uma passada no meu blog, adoraria ver sua opinião com relação a minhas composições

http://thamyzinhaeminhascomposicoes.blogspot.com/

xau

Cristian disse...

Gostei muito do blog.
Acabei de lançar um site de divulgação de blogs totalmente grátis, entre e cadastre-se, é mais uma forma de ser vista.

www.kazue.com.br

Jorge Estevam disse...

Como vai Joyce, tudo bom?

quanto tempo hein?

estou passando para avisar que finalmente tive tempo de atualisar as postagens do blog.

andei sem tempo nos ultimos mesmes mas estou de volta.

da uma passadinha lá quando tiver oportunidade.

aliás parabens pelo textos sobre Anne Frank.

bjos,

Cristiano Contreiras disse...

fantastico teu blog, muito bom mesmo!

eu tenho este livro e já li duas vezes..me comove o contexto do que Anne viveu e não foi fácil esquecer.

vou ver estes videos do youtube, desconhecia...

te linkei ao meu blog e te sigo!
abraço

Anônimo disse...

Amei seu bolg , pois vivo pela Anne.

Anônimo disse...

é estranho dizer, mas sinto um carinho pela Anne, pois ela foi uma menina tão doce.

Pamela Lima disse...

Eu adoro essas leituras sobre holocausto, politica, acontecimentos verídicos sabe..
Eu tinha uns 15 anos quando li O diário de anne frank e me emocionei muito, tinha pego na biblioteca da escola, alias esta na minha lista de compras porque eu preciso ter esse livro na minha estante!

Obrigada pela vista no meu blog !
Estou seguindoo o seu ^^

veja resenha do livro O diário de Anne Frank