terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Quero lhe desejar:


















2012 motivos para sorrir;

2012 boas conquistas;

2012 razões para se apaixonar;

2012 acontecimentos inovadores;

2012 novas metas para traçar;

2012 motivos para amar;

2012 razões para abraçar e beijar;

2012 momentos para comemorar;

2012 motivos para brindar;

2012 desejos para realizar;

2012 razões para sonhar;

2012 motivos para ser feliz!
Por Joyce Barreto Chicon
Posted on terça-feira, dezembro 27, 2011 | Categories:

sábado, 24 de dezembro de 2011

Comemoração a dois - Boas festas

Junto com suas promessas para 2012, garanta mais prazer junto com quem você ama. A galera está cheio de imaginação para este final de ano, e deu algumas dicas super gostosas para apimentar o clima de festas, após a meia noite. use a imaginação ou aproveite as dicas.

Por Joyce Barreto Chicon


Você já pensou como vai comemorar as noites pós Natal e Reveillon? Inspire-se e seja criativo, mude a rotina das suas comemorações.  Ah, isto inclui o seu parceiro, ir para a cama depois da meia noite, só vale se vocês fizerem uma comemoração especial e bem quente a dois.

            Criatividade e imaginação vão ter que fazer parte dos seus pensamentos a partir de agora, leve um champanhe, cerejas, e brindem a um novo ano repleto de coisas boas e de muito prazer.

Ideias para adotar

Festa a noite toda
Passar às festas de fim de ano junto com minha namorada vai ser ótimo, um dos meus presentes de Natal é uma lingerie vermelha, estou louco para vê-la usando logo depois da festa, vai ficar sensual. Para nós, a festa continua a madrugada inteira.
Ari Queiroz Aleto, 27 anos

À beira do mar
Vou passar a virada do ano com meu namorado na praia, vou aproveitar para realizar uma fantasia que é transar na areia, ouvindo o som do mar. E champanhe acompanha.
Aline Oliveira, 22 anos.

Mensagens apimentadas
Troco e-mails e SMS com meu marido durante o dia, às vezes falamos algumas coisas mais picantes, para atiçar a vontade, e quando chegamos em casa, ficamos loucos. Farei o mesmo no dia 31, quero atiçá-lo, para quando estivermos na mesa com a família, flertarmos, nos abraçarmos calorosamente, e mais tarde, a festa é nossa, vou sugerir em um local inusitado.
Fátima Vieira, 35 anos

Presente surpresa
Como eu já dei o presente do meu namorado, era algo que não podia esperar e valeu como presente e natal, no dia o presente será no meu quarto, vou preparar um clima com uma música Trip Hop, luz de velas, essências e fazer um strip para ele, estou bem ansiosa, porque já comprei a lingerie.
Juliana Oliveira, 26 anos

A noite do prazer
A festa não acaba tão cedo, vejo minha namorada de vez em quando,  ela está morando por enquanto em outra cidade, passaremos as festas juntos, comprei um vinho que ela gosta, quero passar a noite inteira com ela aproveitando os momentos, e vamos comemorar muito. Depois do brinde, com certeza vamos fazer muito amor.
Wellington Martins Libero, 25 anos

Noites quentes
Natal, a data certa pra realizar fantasia, seria interessante vê-la vestindo uma fantasia de mamãe Noel. Pensando no ano novo, preparar um ambiente com toda mística da data, brincar com as cores, vermelho, dourado, prata. Abusar da imaginação. E depois uma comemoração bem quente a dois.
Bruno Trajano, 24 anos.

Um Feliz Natal e um ano repleto de conquistas
Que vocês tenham ótimas festas! ;)

domingo, 18 de dezembro de 2011

Dois corpos

Por Joyce Barreto


A carne estremece
A pele arrepia,
O corpo falece,
A única frase:
“Você me enlouquece!”

Os olhos se cruzam,
As bocas úmidas,
A língua macia que desperta o desejo
Com as veias saltadas
às mãos roçam nos cabelos,
Enquanto as outras deslizam pelas costas,
Afeto.

Uma sensação,
um choque que percorre o corpo,
a saliva desliza pela garganta e um sorriso a de vir,
Suspiros.

Ainda às mãos fortes, segura um corpo,
A linguagem dos corpos revela o íntimo contato,
O sangue quente, como a seiva circula pelas veias
Êxtase, tremor, suor,
Adrenalina.

Sussurros e arrepios,
O calor aquece a alma,
Corpos em silêncio,
E a mente perturba a razão,
Emoção.

É notável, sim te desejo!
Dois seres fracos,
Os lábios deslizam o abdome,
Sensações.

Respiração ofegante,
Longos beijos,
As coxas envolvem o corpo quente,
Olhares se cruzam, é um morrer,
Renascer.

Imperfeito, não tem sentido,
Não acredito.
De corpo inteiro, entrego a alma,
O singular virou plural.
Um não querer ignorado,
Você ganhou,
Não pertenço mais a mim,
Êxtase, tremor, suor,
Prazer.

Não, não posso pensar,
Perdi a razão, é um infinito,
Transpirando a satisfação,
Cheguei ao limite,
Ápice.

Não me canso!
Os olhos se cruzam,
O sorriso a de vir,
O calor do abraço,
Gargantas secas,
Não, não vá. Fique aqui.
Dois corpos em silêncio,
É perfeito, faz sentido,
Não quero fazer nada,
E o nada é bom com você!
Posted on domingo, dezembro 18, 2011 | Categories:

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Vida como um desafio, é você quem escreve a sua história!


Difícil é tomar as decisões certas, principalmente quando há dúvidas causando certos bloqueios. Mas depois que tomamos, a história é outra. Em meio de chateações e até decepções, você entende que precisa levantar a cabeça, respirar fundo e encarar os problemas de frente, por pior que eles pareçam ser.

Mais difícil ainda é perceber que você tem que fazer isso sozinho, e acredite, nem quem você imagina que pode ficar ao seu lado, mesmo que seja para te ouvir apenas, realmente estará, ou amenizará a sensação da angústia. Às vezes, podem até te surpreender na pior hora.

Não é a melhor opção desabafar e achar que vai ficar tudo bem, é você quem deve fazer tudo e correr atrás dos bons resultados. É fato, você aprende, mas sozinho!

Filosofias, bom para adotar:

Soren Kierkergaard
“A vida só pode ser compreendida, olhando-se para trás; mas só pode ser vivida, olhando-se para frente”.

Albert Einstein
"Se quer viver uma vida feliz, amarre-se a uma meta, não às pessoas nem ou coisas.”

Fernando Pessoa
“O verdadeiro cadáver não é o corpo (...), mas aquilo que deixou de viver(...)”

Friedrich Nietzsche
“A vida vai ficando cada vez mais dura perto do topo.”

Mahatma Gandhi
“Um homem não pode fazer o certo numa área da vida, enquanto está ocupado em fazer o errado em outra. A vida é um todo indivisível.”

Renato Russo (Trecho da música “Mais uma vez”)
“...
Mas eu sei que um dia a gente aprende
Se você quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo
Quem acredita sempre alcança.”

Posted on sexta-feira, dezembro 02, 2011 | Categories:

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Perfis nas redes sociais atraem empresários – Parte II – A entrevista

Entrevista completa com a advogada especialista em Direito Digital e Direito Criminal, Gisele Truzzi. (Caso tenha interesse em ver, uma das matérias publicadas com o tema e com informações da especialista, clique aqui.)


 Foto de divulgação - R7

Joyce Barreto: Segundo dados da empresa de métricas online COMSCORE, o mercado de redes sociais da América Latina teve um aumento no índice de engajamento do 88% no último ano. E agora esses sites de relacionamento viraram ferramentas de empresas para encontrar profissionais para preencher vagas em aberto. Como é feito a análise profissional através deste meio?
Gisele Truzzi: Cada rede social tem suas peculiaridades, mas o objetivo é o mesmo: conectar pessoas, proporcionar interatividade, publicação de conteúdos e divulgação de informação. E é exatamente neste ponto relacionado à publicação e divulgação de informações que os profissionais devem ficar atentos. O perfil de um candidato em uma rede social pode dizer muito mais sobre ele do que seu próprio currículo. Isso porque se ele não tiver cautela na publicação de fotos e mensagens, poderão existir imagens comprometedoras, comentários indecorosos a algum colega, publicação ou disseminação de algum material que o desabone na esfera profissional. As empresas, além de conferirem a veracidade das informações contidas em um currículo, também pesquisam pelo candidato na Internet: procuram pelo seu nome e e-mail nos principais buscadores, vasculham as redes sociais, fóruns de discussões da Web, sites de vídeos, blogs, fotoblogs etc. A fim de verificar se de fato aquela pessoa aparenta quem diz ser. Pois muitos indivíduos possuem um currículo profissional impecável, porém o “currículo virtual” que a Internet lhe confere acaba sendo negativo, manchando sua reputação e imagem. E é claro que a empresa logo descartará este candidato que possui comportamento na Web oposto ao que aparenta no currículo. A Internet deixa rastros sobre a vida de uma pessoa, que muitas vezes são extremamente difíceis de serem apagados. E essa reputação negativa poderá atrapalhar sua vida profissional e pessoal. Por isso é muito importante que cada um tenha cautela e bom senso na publicação de materiais na Internet, para não prejudicar a si próprio e a terceiros.

J.B.: É possível definir como deve ser o perfil de um internauta que busca novas oportunidades no mercado de trabalho? Faça considerações relevantes.
G.T.: Tanto o candidato a uma vaga, quanto o profissional já inserido no mercado devem ter cautela e bom senso ao participarem de redes sociais, para não prejudicarem sua imagem no meio corporativo (e também a reputação da empresa para a qual trabalham).
- É importante verificar a configuração de privacidade da rede social da qual se participa e dividir os contatos em listas diferentes, criando-se uma listagem somente para os contatos profissionais, e outra para os amigos mais próximos e familiares. Assim, o usuário evita que o futuro empregador ou colegas do meio corporativo vejam as publicações mais direcionadas aos amigos e familiares.
- Não deixe todo o seu álbum de fotos aberto ao público em geral. Mantenha aberto um álbum relacionado às imagens que fazem parte de seu portfólio, de seu currículo profissional. Deixe as fotos de festas com amigos ou familiares restritas somente a estas pessoas. E tenha cuidado ao publicar qualquer tipo de imagem, seja de si próprio ou de terceiros. Para publicar fotos de terceiros, é necessário que este tenha autorizado.
- Tenha bom senso ao divulgar qualquer tipo de conteúdo: o que não pode ser visto, não deve ser publicado.
- Não publique conteúdos de terceiros sem autorização. E quando o fizer, mencione os devidos créditos. Tome Cuidado com fotos em situações constrangedoras, você poderá ter problemas no futuro.
- Mantenha seu perfil “clean” e organizado. Deixe visível somente as informações essenciais sobre sua vida profissional e uma forma de contato. “Menos é mais”. Utilize um e-mail específico para assuntos profissionais. Não adicione diversos aplicativos e jogos ao seu perfil, seu futuro empregador poderá pensar que você passa muito mais tempo online do que deveria.
- Tenha em mente que tudo o que você publica poderá ser visto pelo seu futuro empregador, ou pelo seu chefe, colegas de trabalho, familiares e amigos. Mesmo fazendo uso das listas de privacidade, saiba que nada é 100% seguro.
- Seja coerente com as informações publicadas, não gere um “currículo virtual” que anule seu histórico profissional. Seja ético.
- Cuidado ao utilizar aplicativos de geolocalização, e dizer onde está em determinado momento. Pode ser interessante para encontrar seus amigos, mas isso também é um risco à sua segurança: quantas pessoas indesejáveis ou potenciais criminosos também não saberão a sua localização? Além disso, se naquele dia, você deveria estar de licença médica e publicar uma foto sua na praia, isso poderá acarretar sérios problemas no seu trabalho. Há profissionais que chegaram a ser demitidos por publicações indevidas que fizeram em seus perfis nas redes sociais.
- Seus amigos virtuais nem sempre são seus amigos reais. Tenha em mente que aqueles 600 “amigos” que você possui em uma rede social são na realidade, “conexões”.
- Se beber, não tweet. Não se conecte a Internet se você abusou um pouquinho do álcool, pois na 2ª feira você poderá se arrepender do que publicou na noite de sábado, e aí será impossível reverter os danos disso.


J.B.: Entre as redes sociais mais comuns, apenas para relacionamentos e trocas de informações, existem as próprias para cadastros de perfis profissionais. Como deve ser desenvolvido o perfil de apresentação do candidato nessas redes?
GT: É importante lembrar que todos os perfis nas redes sociais devem ser criados com a mesma cautela e bom senso, pois seu empregador poderá não somente procurá-lo, por exemplo, no “Linkedin” que é próprio para isso, mas também em outros sites. Não deverá haver divergência de informação. Portanto, os cuidados na criação de um perfil no Linkedin devem ser os mesmos observados em outras redes sociais, e ainda deve-se ter atenção redobrada, pois o foco neste site é o lado profissional. O perfil em uma rede social profissional deverá ser bem objetivo, contendo as experiências profissionais mais relevantes do indivíduo. Estas deverão ser elencadas em ordem cronológica, com nome da empresa, período de atuação, cargo ocupado e breve descrição das atividades. Se o candidato possuir um site ou blog profissional, deverá adicioná-lo também, pois este servirá como mais uma forma de divulgação de seu trabalho. Porém, deve-se atentar à publicação de conteúdos estritamente profissionais neste site ou blog. O profissional também poderá adicionar uma versão mais completa e detalhada de seu currículo, anexando-o ao perfil, através de uma ferramenta que o próprio “Linkedin” fornece. Assim, se o futuro empregador quiser maiores detalhes sobre aquele candidato, poderá fazer o download do histórico profissional completo. A foto do perfil deverá ser nos moldes corporativos: uma imagem mais formal, com traje adequado à profissão, focando-se o rosto do profissional. Não é recomendado colocar fotos em que se aparece juntamente com outras pessoas, em festas, onde se recorta o rosto e percebe-se que a situação ali retratada era um evento social.

J.B.: Quais as informações e conteúdos que pode desqualificar o candidato?
G.T.: O que poderá comprometer o candidato a uma vaga ou mesmo o profissional já no mercado, são algumas “gafes” cometidas através das redes sociais e da Internet como um todo:
- Informações inverídicas sobre o histórico profissional, encontradas na Internet, em desacordo com o currículo apresentado;
- Nome e/ou e-mail encontrado em alguns fóruns de discussão da Web que podem desabonar o candidato (ex: comunidade virtual que divulga dados pessoais coletados para práticas de fraudes eletrônicas).
- Nome, e-mail ou imagem do profissional relacionado a fotos, vídeos ou qualquer tipo de material constrangedor, obsceno, íntimo;
- Comentários difamatórios, ofensivos ou preconceituosos efetuados pelo próprio profissional em redes sociais;
- Comentários ou publicações de cunho ilegal efetuadas pelo próprio profissional;
- Conteúdo relacionado à violação de direitos autorais (plágio, pirataria), publicado diretamente pelo profissional;
- Fotos do próprio indivíduo que exponham demais sua vida íntima, pessoal ou status social;
- Comentários negativos à empresa, ao chefe ou colegas de trabalho, publicados nas redes sociais;
- Participação em comunidades tais como “eu odeio a empresa x”, “eu odeio meu chefe”, “eu chego atrasado” etc.
- Divulgação de informações confidenciais da empresa através da Internet.

J.B.: Com que frequência as empresas buscam profissionais através dos sites de relacionamento?
G.T: É cada vez mais freqüente a busca ou verificação dos candidatos através das redes sociais. Desconheço se ainda existe alguma empresa atual que depois de receber o currículo de um candidato não faça uma pesquisa sobre ele nas redes sociais.


J.B: Todo este processo facilita o lado da empresa na hora do recrutamento?
G.T: Muito, a participação em redes sociais, quando feita da forma correta, auxilia a empresa a ter maiores informações sobre aquele candidato e seu comportamento, e poderá transmitir maior confiança no momento da contratação. Isto também mostra que o profissional é atualizado, está “antenado” às novas tecnologias e sabe utilizar as ferramentas tecnológicas de modo ético e seguro.



 Gisele Truzzi é advogada especialista em Direito Digital e Direito Criminal, Acesse: www.truzzi.com.br
gisele@truzzi.com.br

domingo, 30 de outubro de 2011

Festa Literária em Paraty - FLIP

 
É um evento cultural realizado todos os anos no mês de Julho na cidade, região histórica do Rio de Janeiro. Este ano foi a 9ª edição da festa literária e todos os anos um autor brasileiro é homenageado. Os cenários e a maioria das atrações são inspiradas nas obras deste autor. Neste ano, o escolhido foi o escritor do movimento modernista Oswald de Andrade.

O festival ficou conhecido como o maior evento literário do mundo. Além dos autores brasileiros, também participam profissionais internacionais. Confira a lista: http://www.flip.org.br/autores.php. A FLIP acontece durante cinco dias, e o público contempla carca de 200 eventos, entre eles: debates, exposições, oficinas de criação, oficinas de artes, exibições de curta e longa metragem, projetos educacionais, saraus, teatro de rua, poesia de roda etc. Os próprios moradores da cidade abrem suas casas com o intuíto de acrescentar opções gastronomicas para os visitantes, também criam atrações e novos artistas ganham destaque no evento.

São realizadas seis principais mesas culturais , que acontecem palestras, e mais quatro ambientes abertos ao público. Um deles é a FLIPINHA, tem como missão estimular crianças e adolescentes a se aproximarem da leitura e desenvolver o gosto pela cultura. O espaço FLIPZONA, por sua vez, é um projeto educativo e visa envolver toda a rede de ensino de Paraty, reune bate-papo e ciranda com autores infanto-juvenis,´além de musicais e saraus. E por fim, a Casa da Cultura, onde autores discursam sobre seus lançamentos durante o evento.

Segundo informações da assessora de imprensa da FLIP, Paula Corrêa, as atividades do evento só acontecem pela confiança dada pelos patrocinadores. "As empresas como Itaú Unibanco, Petrobrás, CPFL, Suzano Papel e Celulose, o instituto C&A e a editora FTD, colaboram com o ensino e incentivo a cultura. Esse apoio é essencial para que a satisfação dos turistas seja garantida", friza Paula.

O foco principal é a valorização da cultura local. O público tem acesso à papelaria própria do festival, que possui todos os títulos já lançados nas edições anteriores e atual da FLIP. Possui opções diversas de gastronomia.

Artistas iniciantes podem se inscrever na FLIP, acesse o site www.flip.org.br. "Os jovens escolhidos pela equipe de cultura de Paraty são avaliados e seus trabalhos publicados nos jornais do evento", explica Paula.

Beatriz Linhares é professora do Ensino Médio de escola pública. Ela conta que frequenta todas as edições do evento., e usa as palestras como material didático para aplicas em suas aulas. "No ano passado recomendei alguns títulos dos autores escolhidos, aos meus alunos", lembra.

FLIP 2012, a 10ª edição

A décima edição da FLIP já está marcada. Acontecerá nos dias 04 a 08 de julho de 2012. Os organizadores da Festa Literária de Paraty, garantem muitas novidades para esta edição, para comemorar o dez anos de sucesso do evento.

Homenageado

O homenageado desta edição também já foi escolhido, e será o poeta Carlos Drummond de Andrade. Com o tema Arquivo e Memória em Drummond. Para mais informações: http://www.flip.org.br/noticias.php?id=699


FLIP:
http://www.flip.org.br/noticias.php?id=697




Esta matéria saiu no Jornal Universitário Expressão, na editoria Cultura.
Por Joyce Barreto

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Diversão nas livrarias


Deixou de ser coisa séria, e mudou o foco. Livraria agora é lugar de criança e virou sinônimo de brincadeira, com o intuito de incentivo a leitura, a proposta é aprender brincando




No chão um grande tapete emborrachado e colorido (material artesanal conhecido por E.V.A - Ethil Vinil Acetat ou em português Etileno Acetato de Vinila). Às 26 letras do alfabeto pintadas nas paredes. Pequenas mesas e cadeiras arredondadas com cores vibrantes, um grande sofá em forma de espiral entre as estantes repletas de livros e jogos educativos. Brinquedos espalhados por todos os cantos. O cenário lúdico é encantador e nostálgico. Um espaço infantil, que também fascinam jovens e adultos.


O que antes era um programa apenas para os amantes da leitura, estudantes e profissionais em busca de renomados títulos para preencher suas bibliotecas pessoais. Hoje é um dos passeios favoritos da criançada. Grande parte das livrarias oferece um espaço apenas para os pequenos se divertirem e principalmente adquirirem gosto pela leitura, é uma forma de incentivo.



As prateleiras e balcões destacam livros fascinantes, capas lúdicas que atraem a atenção das crianças, sem pensar duas vezes, elas correm em direção dos exemplares e cada uma pega o que mais chamou atenção. Logo, correm novamente em busca de um espaço para apreciarem o livro em mãos. É curioso olha para aqueles rostos e ver os olhos vidrados nas páginas desenhadas. Por um momento elas se desligam do mundo e viajam através das fabulas, histórias de magia e contos fantásticos.


Para os pais, não há nada mais animador que verem os filhos tão empolgados com a leitura. Para Vera Lúcia, mãe de Victor de 7 anos, é uma satisfação saber que o lazer predileto do filho é colecionar livros, “Ele ainda está aprendendo muitas coisas, mas adora ler, procurei acostumá-lo, lia histórias para ele todos os dias, quando começou ir à escola, ficava extasiado por aprender palavras novas, e era uma conquista conseguir ler sozinho”, conta Vera.



Aos finais de semana, as livrarias recebem visitas de centenas de crianças curiosas e interessadas em leitura. Elas buscam seus personagens favoritos, livros educativos, outros que oferecem brincadeiras, imagens e histórias encantadoras. “Atualmente as crianças se ligam mesmo em televisão, videogame e internet. Mas quando se envolvem com uma história que vale a pena, ficam loucas de curiosidade, sempre levam um livro para casa. Interessante mesmo é que algumas sempre voltam, lembram da gente e chama de tia, nos pegam pelas mãos e vão conferir o que há de novo”, afirma a vendedora Aline Fernandes da livraria cultura em pinheiros.


Sem dúvidas a leitura é umas das ferramentas mais importantes para o desenvolvimento e crescimento cultural das crianças, por isso existem diversos eventos dedicados a este publico para o incentivo a leitura, e funciona! Ao lado do pai, Jean Bastos de 9 anos mostra seu livro preferido, O ladrão de raios de Rick Riordan, “Todo mês compro um livro para o Jean, e lemos juntos, me preocupo com o aprendizado dele, e acredito que a leitura é o melhor caminho para enriquecer o conhecimento”, diz Marcos Bastos, pai de Jean.



Ler é mais do que acrescentar conhecimento ou desenvolver o lado culto. É também viajar e cair nas melhores fantasias, conhecer mundos e histórias fantásticas, é uma aventura.


Por Joyce Barreto

domingo, 4 de setembro de 2011

Muito além do cidadão Kane

Muito Além do Cidadão Kane


O documentário “muito além do cidadão Kane” produzido pela BBC de Londres faz uma alusão entre o empresário Roberto Marinho e Orson Welles que protagonizou em cidadão Kane. Trata do crescimento da Televisão no Brasil e o destaque da Rede Globo na imprensa Brasileira.

            A produção aponta a Rede Globo, como manipuladora política para eleger um governo, usando como exemplo o caso de Fernando Collor de Mello contra a política de Luís Inácio Lula da Silva, que a emissora fez um tipo de apologia. Já que o número de seu ibope, aliás, foi o primeiro canal de TV a apresentar estes dados, era muito maior do que outros canais, principalmente no horário nobre, além de exibir a política brasileira na imprensa.

            “Muito além do cidadão Kane” exibe uma realidade que dificilmente a população conseguiria ver, a globo negou os direitos de imagem, de forma que este material fosse proibido ser transmitido na TV.

            Os demais canais de televisão faziam de tudo para prender a atenção dos telespectadores. O SBT (Sistema Brasileiro de Televisão), por exemplo, era um concorrente, Silvio Santos, o dono desta emissora, possui ainda vários programas para induzir as pessoas a assistirem, com auditórios e a maioria são apelativos, pelos prêmios para os participantes. Ate jogos de sorte são usados para atrair o público, é a telesena, que promete dinheiro, carro e até casa própria ao jogador. Mas em questão de ibope a Globo sempre superou qualquer emissora, principalmente com as novelas que eram preferências pelo telespectador.

            O documentário discute ainda o fato de que os políticos não podiam ser donos de emissoras, porém poderia ser diretor e seus parentes podiam tornar-se proprietários, no estado da Bahia, mais de três emissoras é do mesmo prefeito. 

            Outra coisa que revela um problema político é que José Sarney é dono de dois canais da rede globo. Por motivos como estes, a questão de uma rede manipuladora, foi levantada.

            Por diversas vezes, o programa da Xuxa foi auge de audiência, até hoje ela é uma das famosas mais bem pagas do mundo. Em “Muito além do cidadão Kane”, a música da loira, “Todo mundo está feliz” esconde parte da realidade Brasileira, pois enquanto centenas de crianças assistindo o programa cantavam junto com a apresentadora, outras milhares passavam fome por todo país. É valido questionar: Será que todo mundo está realmente feliz? 

            Em alguns momentos no documentário, famílias mais humildes são questionadas sobre o que mais gostam de assistir na TV, e as respostas são previsíveis, passam horas sentadas assistindo a programação da rede globo, e sabem o cronograma completo. As novelas eram campeãs de audiência, as pessoas questionadas respondiam as que para elas foram mais marcantes: Meu bem, meu mal; barriga de aluguel; Lua cheia de amor; O dono do mundo entre outras. Um tempo depois, surgiu a primeira novela que conseguiu bater o ibope da globo, e foi na Rede Manchete, era a novela Pantanal, que apresentava cenas eróticas, mas não demorou muito a globo voltou a dominar o ibope.

Na ditadura militar, muitos processos e manifestos aconteceram, jornalistas atacavam a corrupção da imprensa. As cenas de luta e repressão eram grandes. O jornalismo foi censurado, por transmitir fatos que não eram permitidos para a sociedade. Por conta disto, havia uma grande limitação nos meios de comunicação, alguns que se atreviam questionar ou revelar assuntos políticos da época, eram cruelmente eliminados, alguns jornalistas eram mal vistos e caçados.

            Meios de comunicação como a revista VEJA, o jornal Folha de São Paulo, e a rede globo, sempre foram alvos de processos, mas que nunca surtiram grandes efeitos. Ainda hoje estes meios são os maiores em seus seguimentos.

sábado, 30 de julho de 2011

O prazer é todo seu

Tipos de orgasmo: Esqueça os tempos de fingimento, entregue-se e saiba tudo sobre ter um verdadeiro orgasmo
Joyce Barreto
Por muitas vezes o assunto orgasmo já foi o pioneiro entre as preocupações femininas, tudo porque grande parte das mulheres sente dificuldade de atingi-lo. E acredite ou não, ainda são muitas as que nunca provaram a deliciosa sensação de chegar aos ‘finalmentes’, ou nem sabem responder se chegaram lá ou não, quando existem dúvidas, esquece, é porque infelizmente nunca teve um. Quando atingem o ápice do sexo, geralmente é pela estimulação do clitóris, mas nem imagina que existe diferença entre ter um orgasmo clitoriano e um vaginal. A sexóloga Carla Cecarelo, explica tudo com detalhes.
Orgasmo Clitoriano
Este chega até mais rápido, a mulher consegue atingir o prazer e gozar com o estimulo direto do clitóris. Não necessariamente ela precisa da penetração para atingi-lo, pode optar pela masturbação utilizando os dedos, brinquedos eróticos, durante as preliminares e com o sexo oral.
Para a sexóloga, é muito mais fácil atingir o orgasmo estimulando o clitóris por fora, pois o contato é direto e deixa a vagina sensível mais rápido.
Melhor posição: Quando a mulher está por cima durante a penetração, conforme ela se mexe o clitóris entra em contato com a pele do parceiro, provoca a sensação de prazer e ela consegue atingi-lo com o pênis dentro dela.
Orgasmo Vaginal
Não é um processo tão rápido e fácil para atingir o mais alto grau de excitação, mas quando ele ocorre, deixa qualquer mulher fora do controle. Este acontece através da penetração, existem diversos pontos na vagina que o pênis ao tocá-los contribui para que o orgasmo ocorra. Mas o que acontece de tão excepcional para atingir o prazer desta forma? Decorre por cauda da contração dos músculos pélvicos vaginais, durante a penetração é normal que eles inchem e deixe o pênis em maior contato com estes pontos.
O orgasmo vaginal proporciona a mulher uma sensação mais intensa e duradoura do que o clitoriano, é responsável por reações de relaxamento do corpo, isto acontece devido uma maior liberação de endorfina no sangue. Involuntariamente a mulher percebe seu corpo estremecer e chega a ficar arrepiada, é natural que após a sensação ela se sinta sem forças por alguns instantes.  

Dificuldade para chegar lá
São muitos os fatores que podem estar relacionado com a dificuldade das mulheres atingirem um orgasmo. Durante a relação sexual, ela deve estar entregue não só fisicamente, mas psicologicamente também. Se em algum momento ela sentir-se insegura, é improvável que consiga atingi-lo. Outra hipótese é pela falta de conhecimento de seu próprio corpo, portanto tocar-se e excitar-se sozinha é muito válido para obter controle de si mesmo.
Não relacione o tamanho ou a grossura do pênis com estas dificuldades, pois não existe influencia.

Prepare-se para ter um orgasmo
Mulheres que se masturbam tendem a conhecer melhor o seu corpo, e quando chegam lá por si mesmas, costumam saber bem o que quer na hora do vamos ver. Mas além da masturbação, uma dica é exercitar a musculatura da pélvis, praticando exercícios de contração dos músculos da vagina.
Estes exercícios ajudam para que a mulher consiga acompanhar os movimentos dos músculos com os do quadril. Opte por brinquedinhos como as famosas bolinhas tailandesas para praticar a excitação.

Chega de fingir
Uma vez que você realmente entrar em delírio com um orgasmo e gozar, será difícil enganar seu namorado em uma próxima transa. Isto porque se tem um parceiro fixo, ele vai notar as diferenças.

Quando você tem um orgasmo de verdade:
O seu corpo fica quente;
Sua boca fica seca;
O ritmo da sua respiração e seus batimentos cardíacos ficam acelerados;
A sua musculatura fica tensa e contraída;
O clitóris e os lábios vaginais internos ficam inchados e sensíveis.
Quando você finge nada disso acontece. “As sensações de orgasmo são intensas, fortes, dura alguns segundos e é bem diferente de outras que o sexo também pode causar”, afirma Carla.

(Saiu na revista 7dias)

quinta-feira, 14 de julho de 2011

São Paulo, Horrores e Prazeres

A cidade que nunca dorme

Por Joyce Barreto

São Paulo, a grande metrópole e também conhecida como a terra da garoa, É também a terra da inversão térmica, as quatro estações do ano em um só dia. O inverno de muito frio ou com um sol ardente, o verão com um calor insuportável ou que trás temporais e ventanias derrubando árvores e desabrigam milhões de pessoas.


Grandes opostos, grandes ironias, têm fartura e tem miséria, numa esquina a requinte e o luxo, na outra o mendigo com seu cobertor mal cheiroso e a fome. Em uma calçada o executivo com uma maleta de couro e sua amiga ao lado com cabelos sedosos e suéter de pele, do outro lado a criança sozinha e abandonada com roupas rasgadas, pés descalços, cabelos sujos, mãos estendidas esperando algum trocado.

Um estado de misturas tem paulista, cariocas, gaúchos, nordestinos e até gringos. Pessoas únicas com estilos, manias e costumes completamente diferentes umas das outras. Pessoas de todas as cores, sotaques distintos, uns loiros, outros morenos, ruivos e grisalhos, os apaixonados e os descrentes, os pais, os professores, os estudantes, os travestis, os confeiteiros, os palhaços, as celebridades, os ricos, os pobres e os ninguém, todos transitando pelas mesmas calçadas.

A cidade do stress, dos quilômetros e quilômetros de transito, do emprego e do desemprego, da falta de transporte público, do vandalismo, da greve, dos protestos, da revolta, do PCC e da Cracolândia.

São Paulo, a cidade iluminada que possui paisagens fantásticas, artes nos muros, nas estações de metrô, quadros e nomes dos ilustres poetas e artistas que viveram aqui, as noites são convidativas e românticas, nas praças os namorados e amantes beijando e abraçando-se, pelas ruas grupos de amigos esbanjando alegrias e sorrisos, pessoas se encontram e brindam seus amores, os amigos, a família, o nascimento, mais um aniversário, o envelhecimento, as novas conquistas e os prazeres da vida.

Enquanto a maioria na cidade adormece, nos faróis fazendo malabares, limpando vidros dos carros, vendendo balas e trolhas, algumas famílias passam a noite trabalhando por um tostão e encarando muitos “Nãos”.

São muitas tristezas e injustiças, são tantas as decepções, lágrimas que percorrem muitos rostos. Na calada da noite, quando venta e a temperatura cai, pessoas estremecem debaixo das pontes, debaixo de toldos e nas sarjetas. Quando não lançam mão de uma garrafa de bebida alcoólica e drogas que os fazem esquecer o frio.

Este é a mesma SÃO PAULO, bom de viver. Cidade maravilhosa que adoro, são os pequenos detalhes que a torna especial, tem suas satisfações. Aquela padaria orgânica na Paulista, aquele shopping ponto de encontro de muitos amigos em pinheiros, a mercearia do seu Mário e dona Marina na esquina daquele bairro, aquele bar que toca mpb e jazz do centro, a balada de Moema, as famosas avenidas e ruas de comércio que passam mais de seis milhões de pessoas por dia, as rodovias que ficam interditadas a todo momento, os lugares que possuem nomes indígenas, como: o parque do Ibirapuera e o Anhangabaú e os museus e arquiteturas gigantescas pelo centro da cidade.

São Paulo é uma caixinha de surpresas, muitas boas e ruins, muitas dores e muitas delícias, horrores e prazeres. Essa é São Paulo o coração do Brasil.

E pela AVENIDA PAULISTA:












(Fotos de um trabalho de fotojornalismo, por Joyce Barreto; Fernanda Kanasiro, Marina Cezário e Carolina Carvalho)

sábado, 9 de julho de 2011

Vigie a sua autoestima

“Para o alto e avante”, é o lema adotado pela publicitária Gisela Rao, que da dicas inusitadas para você dar um UP na sua autoestima 
(Por Joyce Barreto)
A publicitária Gisela criou o blog “Vigilantes da autoestima”, com a ideia de levantar o astral das pessoas, principalmente da maioria das mulheres que são mais emotivas e ficam deprimidas facilmente. Todos os dias passamos por diversas situações sejam positivas ou negativas, podem até marcar as nossas vidas para sempre e serem causadoras da baixa-autoestima. E quando isto acontece é preciso muita força de vontade para recuperá-la, que só é possível quando nos conhecemos de verdade.

Segundo a blogueira a autoestima é dividida em quatro partes: Visual, amorosa, profissional e familiar. Ela explica em sua página porque isto acontece e da dicas de como superar. “É importante que as pessoas passem a olhar para si mesmas e parem de dar valor ao que os outros pensam a seu respeito, o blog está lá para fazê-las refletir sobre isso”, explica a blogueira.

Visual
Vem do autojulgamento. A maioria das mulheres fixa uma imagem negativa sobre si mesmas, e sofre por estar acima do peso, ter um cargo inferior na empresa e, principalmente, não gostar do que vê refletindo no espelho. “Boa parte desta angustia é imposta pela mídia, que constrói um perfil de mulher perfeita (e irreal). Mas quem disse que elas são felizes? É muito mais comum nessas pessoas o sentimento de vazio”, afirma Gisela. Quando a situação é essa, aumenta a preocupação com a opinião alheia e a possibilidade de se sensibilizar com críticas destrutivas se acentuam. “É preciso entender que não tem como agradar todo mundo”. Neste caso, livre-se dos pensamentos negativos e pare de alimentar a autocrítica. Busque o que lhe dá prazer, cuide de você e providencie mudanças que resgatem sua autoestima.

Amorosa

 Na maioria das vezes os relacionamentos quando abalados geram dúvidas e quando as coisas não vão bem, as pessoas mais inseguras começam a se culpar e se fazerem de vitimas. E se o relacionamento termina sentem-se mal, e se aprofundam na tristeza. “Quando estão sozinhas, não conseguem entender as razões, passam a achar defeitos em si mesmos. Com isto geram um bloqueio e não conseguem se relacionar com as outras pessoas justamente por não acreditar que são capazes de satisfazer alguém”, explica.
O ciúme também é um contribuinte da baixo-autoestima, reparar nas outras pessoas e começar a se enxergar inferior, causa medo da perda e insegurança. “Além de uma relação tóxica, você se prende a pessoa porque inconscientemente prefere alimentar o seu ego a ficar sozinha. Vira uma competição, de uma tentar ser melhor do que a outra, são estes fatores que despertam a vontade de tornar-se objeto de desejo. É prejudicial porque a pessoa vive se autoanalisando”, garante Gisela.       

A receita para não se depreciar é não colocar ninguém a cima de você, não permita que façam com você qualquer coisa que lhe deprima. Você é melhor, ame-se mais, sempre acima de qualquer suspeita.                  

Profissional

É mais comum acontecer quando a pessoa está em uma posição que não gostaria e se deprime quando não consegue apresentar bons resultados. “Deixe a lamentação de lado. Pare de se ver como vítima. Procure entender os reais motivos que geraram os problemas e mostre seu potencial para conseguir o que deseja. É preciso s empenhar e correr atrás do que deseja”, aconselha.

Familiar

A queda da autoestima na questão familiar ocorre por vários fatores. O mais comum é a rejeição de pais na infância, o que pode impactar na falta de amor-próprio em todas as esferas: aparência física, ida amorosa e carreira profissional. Quando a criança é desprezada, pode carregar isso para a vida toda, se não procurar ajuda para lidar com essa situação.

Mude o quadro
Gisela explica que é comum as pessoas formar listas de infelicidades, só conseguimos enxergar o lado ruim das coisas, até porque é o que nos incomoda. “As pessoas precisam aprender a listar as suas felicidades, as consequências boas de tudo aquilo que realiza. “Mova-se, você tem que se sentir ativa, saiba assumir suas falhas para conseguir corrigi-las, liste suas qualidades”, recomenda.

Quer melhorar a aparência, nada de optar por atividades que você não gosta, só porque promete resultados. Busque algo que lhe proporcione prazer, comece a sair mais com seus amigos, permita-se e preencha os seus tempos livres.

(Por Joyce Barreto - Saiu na revista 7dias, edição 414)

quinta-feira, 23 de junho de 2011

TIM-TIM: Os benefícios da CERVEJA

Esses dias eu estava na academia, e como de costume peguei uma revista para folhear nos meus intervalos de treino. De página em página, uma em especial foi convidativa, não resisti, e li! Falava sobre os benefícios de um copinho ou outro de cerveja, claro que tudo que é em excesso faz mal. mas a matéria pondera justamente esta questão! E aproveitando que estava sem beber há quatro meses (estava porque ontem me permiti a uns copinhos moderados, sou filha de Deus também). Mas brindaremos às coisas boas e nem tão boas assim da vida, principalmente aos AMIGOS, aos trabalhos concluídos e claro, à vida!
TIM - TIM
Uma Cervejinha, quem diria, faz bem à saúde
(Por Constança Tatsch e Juliana Diniz - Revista Women'shealth - edição de Junho 2010)

Você já deve conhecer os riscos do excesso de álcool. E não estamos falando da vontade de telefonar para o seu ex de madrugada. Quem exagera, além de pagar mico, tem mais chance de desenvolver cirrose, doenças cardiovasculares, sem falar da barriga. Beber moderadamente, no entanto, pode fazer bem à sua saúde. E todo garçom sabe que a bebida nacional campeã de pedidos é uma loira gelada. À base de cevada, lúpulo e malte, a cerveja carrega vários benefícios.

Uma lata por dia - o limite saudável para as mulheres (segundo as diretrizes do Departamento de Saúde e de Serviços Humanos dos Estados Unidos) - fortalece seus ossos, ajuda a reduzir o colesterol e cuida até do viço da sua pele. mas é importante lembrar que se você ultrapassar essa quantidade os efeitos serão inversos. "Também não se deve acumular os drinques todos na noite de sábado, caso não tenha consumido álcool durante a semana", diz Ana Beatriz Rique, representante da American Overseas Dietetic Association e nutricionista da Clínica Ivo Pitanguy, no Rio de Janeiro.

Ossos
Está em dúvida sobre qual tipo de cerveja pedir?
As ales claras e as largers têm maior quantidade de silício, mineral que ajuda a fortalecer os ossos, diminuindo o risco de osteoporose. A conclsão é de um estudo americano recente da Universidade da Califórnia, publicado no Journal of the Science of Food and Agriculture. Isso porque o grão de cevada é rico em silício mineral que aumentaria a densidade óssea. Já nas escuras, a torração dos grãos diminui a quantidade do mineral. Mas não se anime, o excesso pode ter efeito contrário: aumentar o risco de fraturas.

Peso
Esta é para você incorporar o hábito:
Pesquisadores acompanharam durante 13 anos, 19 220 mulheres com peso normal no início do estudo. Cerca de 60% delas bebiam álcool e 40% não. O resultado publicado no Archives of Internal Medicine, mostrou que, ao todo 41 % ganharam sobrepeso ou ficaram obesas. As que não bebiam ganharam em média 4 Kg, ante 1 Kg das que bebiam. O risco de ter sobrepeso er a quase 30% menos entre as mulheres que bebiam uma ou duas doses por dia. Os resultados estavam associados a quatro tipos de bebidas alcoólicas: Vinho tinto, Vinho branco, cerveja e licor. A notícia é boa, mas não se esqueça das muitas calorias contidas em cada lata (cerca de 150).

Coração
Parece piada, mas é pesquisa, e das sérias.
Freiras espanholas toparam beber diariamente meio litro de cerveja - sem álcool, porque a piada não é tão boa assim. A causa é nobre: participar de uma pesquisa da Sociedade Espanhola de Dieta e Ciências da Alimentação em conjunto com a Universidad de Valência também na Espanha. Depois do estudo, as religiosas que a princípio tinham altas taxas de colesterol viram o nível de LDL, o mau colesterol, diminuir 8%. A graça - com o perdão do trocadilho - seria concedida pelo lúpulo, um igrediente da bebida rico em antioxidantes. Os pesquisadores concluíram que os benefícios também valiam para cerveja com álcool, clara ou escura. "A cerveja ainda contém piridoxina e folatos, capazes de reduzir os níveis de homocisteína, substancia presente na circulação sanguínea e relacionada a  uma maior incidência de doença coronária", afirma a nutricionista Andrea Zaccaro de Barros, da Vianutri Consultoria, em São Paulo. 

Longevidade
Para ter uma pele mais viçosa e viver até os 100 anos, os antioxidantes são fundamentais, pois mantêm todas as funções do organismo em equilíbrio por mais tempo. Então, se você quer comemorar a boa forma, brinde com cerveja malzbier. Ela contém o dobro dos polifenóis das cervejas pilsen e das sem alcool. Provenientes da cevada maltada e do lúpulo, os polifenóis são antioxidantes potentes, que combatem os radicais livres. Sim, aqueles que prejudicam o funcionamento das células e promovem o seu envelhecimento.

Hidratação
Água que passarinho não bebe a gente pode beber, sim.
A cerveja, quem diria, é ótima para repor a hidratação de atletas 2 horas depois de suar a camisa numa competição. Um estudo da Universidade de Granada, na Espanha, apresentado ao Conselho Superior  de Investigações Científicas do país, indica a ingestão de duas tulipas da bebida para recuperar o metabolismo de esportistas e prevenir a chatíssim dor muscular. "Além disso, segundo os autores da pesquisa, o gás contidona bebida pode acelerar a absorção da água da própria cerveja, e seus carboidratos também ajudam a repor o glicogênio perdido no exercício", comenta o nutricionista Luis Meirelles, de São Paulo.

Intestino
Não que a cerveja deva substituir o pão integral na sua lista de compras, mas na happy hour, você pode se sentir menos culpada pelos goles ao se lembrar de que uma lata traz 2 g de fibras solúveis, 10% da recomendação diária. "As fibras equilibram a flora intestinal, regulam os níveis de colesterol e de glicose no sangue, diminuem a incidência de cancro do cólon e de diverticulite (pequenas bolsas que se formam na parede intestinal)", diz Andrea. Mas a nutricionista ressalta também que, em excesso, o álcool irrita a mucosa gástrica.


Posted on quinta-feira, junho 23, 2011 | Categories: