sábado, 30 de julho de 2011

O prazer é todo seu

Tipos de orgasmo: Esqueça os tempos de fingimento, entregue-se e saiba tudo sobre ter um verdadeiro orgasmo
Joyce Barreto
Por muitas vezes o assunto orgasmo já foi o pioneiro entre as preocupações femininas, tudo porque grande parte das mulheres sente dificuldade de atingi-lo. E acredite ou não, ainda são muitas as que nunca provaram a deliciosa sensação de chegar aos ‘finalmentes’, ou nem sabem responder se chegaram lá ou não, quando existem dúvidas, esquece, é porque infelizmente nunca teve um. Quando atingem o ápice do sexo, geralmente é pela estimulação do clitóris, mas nem imagina que existe diferença entre ter um orgasmo clitoriano e um vaginal. A sexóloga Carla Cecarelo, explica tudo com detalhes.
Orgasmo Clitoriano
Este chega até mais rápido, a mulher consegue atingir o prazer e gozar com o estimulo direto do clitóris. Não necessariamente ela precisa da penetração para atingi-lo, pode optar pela masturbação utilizando os dedos, brinquedos eróticos, durante as preliminares e com o sexo oral.
Para a sexóloga, é muito mais fácil atingir o orgasmo estimulando o clitóris por fora, pois o contato é direto e deixa a vagina sensível mais rápido.
Melhor posição: Quando a mulher está por cima durante a penetração, conforme ela se mexe o clitóris entra em contato com a pele do parceiro, provoca a sensação de prazer e ela consegue atingi-lo com o pênis dentro dela.
Orgasmo Vaginal
Não é um processo tão rápido e fácil para atingir o mais alto grau de excitação, mas quando ele ocorre, deixa qualquer mulher fora do controle. Este acontece através da penetração, existem diversos pontos na vagina que o pênis ao tocá-los contribui para que o orgasmo ocorra. Mas o que acontece de tão excepcional para atingir o prazer desta forma? Decorre por cauda da contração dos músculos pélvicos vaginais, durante a penetração é normal que eles inchem e deixe o pênis em maior contato com estes pontos.
O orgasmo vaginal proporciona a mulher uma sensação mais intensa e duradoura do que o clitoriano, é responsável por reações de relaxamento do corpo, isto acontece devido uma maior liberação de endorfina no sangue. Involuntariamente a mulher percebe seu corpo estremecer e chega a ficar arrepiada, é natural que após a sensação ela se sinta sem forças por alguns instantes.  

Dificuldade para chegar lá
São muitos os fatores que podem estar relacionado com a dificuldade das mulheres atingirem um orgasmo. Durante a relação sexual, ela deve estar entregue não só fisicamente, mas psicologicamente também. Se em algum momento ela sentir-se insegura, é improvável que consiga atingi-lo. Outra hipótese é pela falta de conhecimento de seu próprio corpo, portanto tocar-se e excitar-se sozinha é muito válido para obter controle de si mesmo.
Não relacione o tamanho ou a grossura do pênis com estas dificuldades, pois não existe influencia.

Prepare-se para ter um orgasmo
Mulheres que se masturbam tendem a conhecer melhor o seu corpo, e quando chegam lá por si mesmas, costumam saber bem o que quer na hora do vamos ver. Mas além da masturbação, uma dica é exercitar a musculatura da pélvis, praticando exercícios de contração dos músculos da vagina.
Estes exercícios ajudam para que a mulher consiga acompanhar os movimentos dos músculos com os do quadril. Opte por brinquedinhos como as famosas bolinhas tailandesas para praticar a excitação.

Chega de fingir
Uma vez que você realmente entrar em delírio com um orgasmo e gozar, será difícil enganar seu namorado em uma próxima transa. Isto porque se tem um parceiro fixo, ele vai notar as diferenças.

Quando você tem um orgasmo de verdade:
O seu corpo fica quente;
Sua boca fica seca;
O ritmo da sua respiração e seus batimentos cardíacos ficam acelerados;
A sua musculatura fica tensa e contraída;
O clitóris e os lábios vaginais internos ficam inchados e sensíveis.
Quando você finge nada disso acontece. “As sensações de orgasmo são intensas, fortes, dura alguns segundos e é bem diferente de outras que o sexo também pode causar”, afirma Carla.

(Saiu na revista 7dias)

13 Opiniões:

Agostinho Lopes disse...

Como diria o português, "prefiro sexo oral ao anal, pois é melhor sexo "de hora em hora", que de "ano em ano".

Brincadeiras à parte, parabéns pelo post. Pode ajudar muitas mulheres e também muitos homens, estes últimos às vezes iludidos pela falsa impressão de serem os "fodões" e acharem que provocam um orgasmo, pela simples visão que a mulher terá dele próprio.

Ninguém é máquina... Ninguém funciona à base de um comando automático... O sabor da sedução, o prazer da conquista, o saber se deixar conquistar, perde espaço a cada dia para o egoísmo das pessoas, homens e mulheres.

O post, além de ser elucidativo e educativo, mostra um pouco mais do "mapa infinito do universo feminino".

Beijos...

tammy diktiva disse...

Adorei, acho super importante falar além de fazer sexo. Mulheres que não conhecem o orgasmo sinceramente, não sei se tenho pena ou raiva, pq é algo tão natural e tão maravilhoso, que não tem lógica alguém se privar disso. SIM, pq ELAS se privam, ficam fingindo e deixam tudo por isso mesmo. Orgasmo devia ser indicação médica: 3 vezes ao dia só pra começar o tratamento. KKKKK

playerss disse...

OTIMO TEXTO VAI SER BEM UTIL PARA OS CASAIS QUE QUEREM ALGO A MAIS NA RELAÇÃO..

SE PUDER ACESSA LAH
http://semiludir.blogspot.com/

Marilis Dutra disse...

O orgasmo é um q a mais na relação e esquenta...
muito bom seu post como sempre né flor

bjss

Dicas da Mari
http://marilis-dutra.blogspot.com/

Blog UaiMeu! disse...

Eu acho que cada um sabe onde sente mais prazer o que dá mais prazer. Cada ser humano é diferente.
Post bem informativo!
Retribuindo sua visita!
Abraços

gustavo disse...

mto bons teus textos e teu blog, joy..

bjao aqui do sul

gustavo

www.gurimedonho.com

Elton Jônathas disse...

Vc é uma garota de atitude ^^) adorei hehe

http://eltonjonathas.blogspot.com/

Bruna Lorena disse...

Muito bom seu blog.
visite tb
http://www.livreparaexpressar.blogspot.com/

seguindo.

Vilma Silva disse...

Tenho um selinho para vc.
Passa lá
seguindo.
http://cosmeticosbelezasaude.blogspot.com/

KGeo disse...

este post caberia melhor hoje já que é o dia do sexo

Erick de Araujo Melo disse...

Gostei de sua atitude!
Apesar de parecer normal para você debater esse tema, para a maioria das pessoas, principalmente mulher, não é! E isso tem feito com que grande parte do mundo banalizasse o sexo por prazer, quando na verdade é tão importante quanto à reprodução!
Do que adianta a pessoa se reproduzir e não ter aproveitado os prazeres da vida? Afinal, a vida é pra viver e "gozar" muito! kkk

O Psicólogo Felipe de Souza - Psicologia Online disse...

Interessante o texto!

Muito informativo e claro - com certeza vai ajudar muitas pessoas!

Parabéns pelo blog!!

http://www.psicologiamsn.com

France Câmara disse...

Adoro posts sobre sexo, são poucos que falam abertamente sobre o assunto. Estou seguindo o teu blog, segue o meu também? Beijos


http://apaixonadasporcosmeticos.blogspot.com/
Curta a Fan Page do Apaixonadas por Cosméticos no Facebook
@Ap_Cosmeticos