sábado, 4 de fevereiro de 2012

Decifre seus sonhos

Por Joyce Barreto Chicon

Sonhos implicam em símbolos, você precisa tentar identificá-los para entender a mensagem que seu subconsciente lhe envia enquanto você dorme.

 

Quem nunca acordou intrigado com algum sonho que teve durante a noite, e ficou procurando entendê-lo, ou mesmo não conseguia parar de lembrar-se das cenas. Os sonhos despertam curiosidades, mesmo que não consigamos decifrá-los, todo sonho tem um significado e representa nossas experiências e os fatos que acontecem em nosso cotidiano. Estão ligados a qualquer ocorrência com imagens, sons, fatos visuais e cinéticas. E ainda fazem parte de diversas crenças.


Durante o sono, nosso cérebro começa a processar lembranças, emoções e informações que recebemos durante o dia. Segundo a psicoterapeuta, Mônica Levi, não existe o “não sonhar”, “Sonhar é importante, funciona como um equilíbrio psíquico. As pessoas sonham todas as noites, o que acontece, é que muitas vezes esquecem o que aconteceu. Mas quando isto acontece significa que o sonho foi um sucesso e tudo o que continha nele foi resolvido”, explica. “Quando o sonho se repete frequentemente, indica que existe algo que ainda precisa ser solucionado”, afirma a psicoterapeuta.


Mônica ainda ressalta que mesmo que você se lembrar de poucos detalhes do seu sonho, é justamente o que o seu subconsciente transmite como uma mensagem que precisa ser analisada com calma e reflexão. “Cada detalhe faz parte do que você é, ou está passando no momento, pois os sonhos relatam muito o presente e está sempre ligado aos sentimentos”, conta.


Lembre-se de identificar cada elemento de seus sonhos, tentando entender porque aconteceram e da forma que ocorreu. Só cabe a você esta análise, pois um sonho pode ser interpretado de várias maneiras, tente encaixar os fatos com o que acontece normalmente na sua vida, e em seu dia a dia. Saiba o que a psicoterapeuta diz a respeito de alguns sonhos mais específicos.


Perseguição
Fabiola Pereira relata que sonha repetidamente com um cachorro perseguindo-a, ela sente medo e sempre consegue escapar do animal, mas quando acorda se sente cansada, como se de fato tivesse ocorrido.
Mônica explica que é importante que ela tente entender o que o cachorro significa em sua vida. “Mas no geral a perseguição tem uma conotação sexual, isto acontece quando a pessoa se sente inibida com alguns desejos”.


Premonitório
São como uma demonstração da realidade do inconsciente, é comum acontecer, ao invés de interpretar como um sonho sem sentido, passe a prestar atenção a tudo que pode se relacionar a estes sonhos. “São pensamentos e eles tem linguagem própria, todo sonho tem fundamento”, garante Mônica.


Morte
Ao contrário do que pensamos, sonhar com a morte significa renascimento, ou um novo começo. “Se algo morre, outro renasce, e é por esta linha que segue o significado desse tipo de sonho”, afirma a psicoterapeuta.


A estudante Carolina de Oliveira, conta que sonha sempre com alguém matando seu pai, mas não reconhece o assassino. Mônica aconselha que nestes casos, a pessoa analise o relacionamento com o outro, pode indicar algum problema mal resolvido.


Gravidez
Todos os seres humanos tem um lado criança, e este sonho pode indicar nossa parte interior. “É a criança que somos, e esta é a última que desaparece. É vantajoso, você pode esperar prosperidade e encarar como a fase que você está enfrentando é boa para novos desafios”, diz Mônica.


Pessoas ou lugares desconhecidos
Revela nosso lado desconhecido por nós mesmos. Ninguém se conhece 100%, algumas situações podem nos surpreender, temos forças e podemos cometer atos que nem imaginamos que possa existir dentro de nós.


Eróticos
Sonhos assim são curiosos, como todos os outros mexem com nossas emoções e até acordamos com desejos ou excitados. Nos sonhos costumamos nos permitir mais, e entramos em contato com um mundo de fantasias. O desejo existe em todos, mas quando a pessoa se camufla excessivamente, estes desejos ficam em seu subconsciente.


Também indica uma pessoa com uma vida sexual ativa, que precisa de novas descobertas sobre si mesmas.


Sonho pela metade
A psicoterapeuta recomenda que nestes casos, é interessante que a pessoa tente terminar este sonho acordada. “Tente entendê-lo primeiro, relacione cada fato e tente trazer para a realidade, se você conseguir identificar os detalhes, tente finalizá-lo do seu jeito de maneiras possíveis”, aconselha.

(Matéria Públicada na revista 7dias)
Posted on sábado, fevereiro 04, 2012 | Categories: