terça-feira, 3 de abril de 2012

Transtorno do Déficit de Atenção/ Hiperatividade - TDAH


Por Joyce Barreto Chicon

Portal Daniel Vieira

Você já ouviu falar em Transtorno do Déficit de Atenção/ Hiperatividade (TDAH), mais conhecido como “Tipo Desatento”. Este é um problema que afeta principalmente crianças e jovens. Parece complexo, mas é mais comum do que imaginamos.


Características
Pessoas com TDAH são distraídas, possuem dificuldade na realização de tarefas que exigem muito esforço de raciocínio, os exercícios ligados à lógica e exatas são exemplos disso. A distração faz com que o indivíduo perca a percepção do tempo. Muitas vezes acumulando tarefas porque não conseguem administrar esse tempo.

- O indivíduo desvia a atenção do que está fazendo e comete erros em pequenos detalhes que normalmente não os comete. É comum que ele se distraia com seus próprios devaneios.
- Tem dificuldades de concentração. Torna perceptível quando crianças, são aquelas que se distraem nas aulas, em leituras, se perdem no que estão falando com frequência. Durante uma conversa, pode ocorrer o que chamamos de “branco” e a pessoa esquece o que ia dizer.
- Tem dificuldade em iniciar determinadas tarefas, principalmente quando lhe exige mais esforço de concentração.
- Possui problemas com organização.
- Outro problema comum entre essas pessoas, é a perda de memória a curto prazo, são mais esquecidas, não memorizam nomes, números, informações ou datas com facilidade.

Quando ocorre
O TDAH afeta crianças ainda em fase de desenvolvimento, as tornam dispersas e desatentas. Geralmente em crianças sensíveis a estímulos e facilmente perturbadas por ruídos. O desenvolvimento psicológico é mais lento e eles demoram para entender algumas situações.



Hiperatividade
Além da desatenção, o indivíduo que possui o TDAH, também pode ser hiperativo e impulsivo. A hiperatividade faz com que ele seja inquieto e possua o costume de balançar pernas e mãos enquanto sentados. Não consegue ficar muito tempo sentado ou parado em uma única posição, geralmente fala em demasia e de maneira mais rápida que o comum.

Impulsividade
Ser impulsivo pode fazer parte da personalidade de muitas pessoas, mas na maioria das vezes não é bom sinal. No caso do TDAH, é comum quando a pessoa vive em autodefesa, tudo o que falam para ela, tem que achar uma forma de se defender, mesmo quando não o acusam de nada. Tem dificuldades para esperar e geralmente interrompe as pessoas. Age sem pensar e acaba se prejudicando por isso.

Tratamento
O mais indicado é que os pais procurem o quanto antes um especialista da área de neurologia e um psicólogo.

Façao teste online para TDAH Adulto


Fonte de Pesquisa
IPDA - http://www.dda-deficitdeatencao.com.br/tipos/desatento.html

5 Opiniões:

Anônimo disse...

Oi Joy, muito legal, mas também seria interessante falar sobre esses sintomas, mas em adultos.
PS: Você é uma linda! Rs pelo menos aqui dá pra falar sem muita vergonha:S

Jéssica Moura disse...

Adorei o post, nem sabia que algumas pessoas tinham essa " doença" ?
auhsauishaiush

Seguiindo aqui :)

Bagis Bueno disse...

qdo eu fazia estagio numa creche, várias crianças da minha sala apresentavam estes sintomas

http://seenovidadeeuquero.blogspot.com.br

Bruna Sversutti disse...

Adorei o post!
Acho mto importante alertar as pessoas sobre estes transtornos, que são cada vez mais comuns.
Parabéns pela iniciativa.

Seguindo!
Beijoss!

http://my-literarylife.blogspot.com.br/2012/04/sorteio-classicoxlancamento.html

LIa disse...

O livro infantil JOÃO AGITADÃO, editora Caravansarai, de Lia de Paula Moraes e ilustração de Ney Megale é bonito, divertido e contribui para aumentar a autoestima das crianças com hiperatividade.