segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Motivação...





Gosto quando a sensação de “inovar” vem com tudo e domina as ideias.



Justo em uma segunda-feira que podia ser só mais um início de semana. Decidi começar a escrever as novas metas. Aprendi que nada pode ser fácil, então são desafios difíceis, mas que com certeza oferecem muitas oportunidades e aprendizados.



Logo me lembrei de uma história que eu havia lido há muito tempo atrás, talvez você já conheça, mas recomendo que leia, é uma história incrível de motivação. 

O voo de renovação da águia



A águia é a ave que possui a maior longevidade da espécie. Chega a viver 70 anos.
Mas, para chegar a essa idade aos 40 anos, ela tem que tomar uma decisão muito séria e difícil. Nesta idade, ela está numa espécie de fim de linha.

As unhas, antes compridas e flexíveis, agora não conseguem mais agarrar suas presas, fonte de seu alimento. O bico elegante, alongado e pontiagudo, agora se curva excessivamente contra o peito. As asas estão envelhecidas e pesadas pela grossura das penas. Voar passou a ser tão difícil e penoso!.

A águia, nesse momento, só tem duas alternativas:
morrer, ou enfrentar um doloroso processo de renovação, que irá durar 150 dias.
Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e se recolher em um ninho próximo a um paredão onde ela não necessite voar.

Após encontrar esse lugar, a águia começa a bater com o bico no paredão, até conseguir arrancá-lo a custa de imensa dor. Depois de arrancá-lo, espera nascer um novo bico, que será usado para arrancar suas velhas unhas. Quando as novas unhas começam a nascer, ela passa a arrancar suas velhas penas.

Somente após 5 meses, é que sai então para o famoso voo da renovação e para viver mais 30 anos.