segunda-feira, 31 de março de 2014

Identidade do Prazer

A Erótika Fair 2014 como sempre trouxe muitas novidades para o publico se esbaldar. Diante do seu perfil, saiba o que levar de um sex shop para esquentar a sua cama e apimentar sua relação, com muita personalidade

Texto 
por Joyce Barreto

É cada vez mais comum a mulherada recorrer aos fetiches dos sex shops para sensualizar a relação. Mas ainda existem aquelas que morrem de vontade, mas fica roxa só de pensar na possibilidade de entrar numa lojinha erótica. As tímidas agradeçam as oportunidades da internet.

Hoje temos inúmeros Sex Shops online, que oferecem uma diversidade enorme de cosméticos, lingeries, brinquedos eróticos e outros artigos para animar a vida sexual dos casais. E o melhor é que a sua compra chega em casa da forma mais discreta possível. Pode apostar! E é diante do seu perfil que você deve começar a explorar o mundo erótico sem medo de ser feliz.

E aí, qual é o seu perfil?

Romântica
Então você é toda emotiva e segue as palpitadas do coração, não é mesmo? Suspira toda apaixonada só de pensar no seu parceiro. Adoro!

Vela beijável para massagem com diferentes opções de aromas:
Nutella, Creme de avelã, caipirinha, menta, morango e pêssego da Intt
www.lojaintt.com.br

A dica para você está ligada a um cenário mais sereno, opte por velas aromáticas que derretem transformando-se em óleos para massagens, uma leve quentura na pele e uma sensação incrível. De atenção também a outros cosméticos, existem opções para todos os gostos, e se a intenção é dar uma apimentadinha a cada passo da brincadeira, além de óleos de massagens você pode optar também pelos cosméticos comestíveis, você usa conforme sua imaginação mandar.

A romântica costuma ser criativa, portanto, jogue na água na banheira e nos lençóis pétalas de rosas, invista em vedas e penas para conquistar os pontos de maior prazer seu e de seu parceiro. Lingeries delicadas com rendas e cores suaves também não podem faltar na cestinha de compras.

Moderna
A mulher que adora inovar, isso é bom! Acessórios femininos e divertidos como vibrador em forma de pincel, batom e patinho as seduzem, uma vez que podem ser levados a tiracolo e usados quando estiver sozinha. É isso mesmo, porque não é sempre que se quer que o parceiro está por perto, certo?

Gel Orgastic para massagem da Intt
www.lojaintt.com.br


Essa mulher adora também compartilhar as novidades com o parceiro. Géis aquecedores, refrescantes e cremes anestésicos. Retardadores de ejaculação, bolinhas explosivas e anéis penianos fazem parte do seu kit sensual. As moderninhas fogem da rotina, buscam lingeries ultrassensuais e fantasias de acordo com a época do ano: coelhinha na Páscoa, por exemplo. 

Tímida
Curiosa, porém, quase sempre constrangida, se entrar no sex shop tende a ir direto à prateleira de produtos tradicionais. Se esse é seu perfil, invista em perfumes com feromônios para instigar o olfato masculino. 

Gel Corporal para massagem que causa sensação de calor na região aplicada
Orient Sexy é da Intt
www.lojaintt.com.br

O gloss labial deixará seus beijos com sabor de quero mais e os óleos para massagem vão retribuir o carinho do amado. A lingerie deve ser delicada, com leve transparência. Vestida assim, deixará seu homem bem entusiasmado. Não tenha receio de ousar.

Clássica
Uma mistura de mulher romântica, tradicional e prática. Na hora de investir nos brinquedinhos e acessórios, é discreta. Géis lubrificantes e excitantes, até produtos para ousar no pompoarismo são os preferidos. 

Anel peniano vibrador de silicone, com formato de bigode
Qualyfun
www.qualyfun.com.br

Ela não resiste a uma loja de lingerie. Nos tempos livres, adora assistir vídeos instrutivos para aprender novas técnicas e inovar entre quatro paredes. Vai lá e arrasa, que está cheio de novidades nas prateleiras, uma dica: leve diferentes anéis penianos para o parceiro. Divirta-se.

Atrevida
Adora apimentar a relação. Veste fantasias sedutoras, usa máscaras, faz performances e banca a dominadora. Essa mulher é mais ousada e aquele brinquedinho guardado na gaveta, está presente sempre que possível na relação do casal.

Massageador, o disco redondo vibra para estimular o clitóris,
e a região pélvica masculina, o massageador interno estimula o ponto G feminino
com suaves movimentos circulares. Oito velocidades de rotação e vibração sincronizadas.
Lelo - www.lelo.com

Dica: Leve também estimuladores clitorianos, vibradores mais ousados. Ah, pratique o pompoarismo para surpreender o lindo.

Sedutora
Cheia das boas ideias, não pense duas vezes na hora de escolher seus artigos eróticos, velas para massagem, um ambiente meia-luz, lençóis macios e uma música Trip-Hop para esquentar o clima. 

Bolinhas de óleo comestível que serve para massagem
ou para ser colocado na banheira.
Sexy Fluf da Intt
www.lojaintt.com.br

Vista-se linda com uma lingerie que ele nunca viu, depois de tirada, esqueça-a pela noite toda. E porque não um banho com aroma e sabor, além de muuuuita massagem? 

Imagens de lançamento da Erótika Fair 2014
 produzidas pelo Uol

segunda-feira, 24 de março de 2014

Intercâmbio ao seu alcance

Investimento 02 em 01. Você realize o sonho de conhecer outro país e ainda aprende um idioma que pode lhe abrir portas no trabalho
Por Joyce Barreto - 
Para Revista 7dias  -
 edição 365 - maio de 2010.

Aprender um novo idioma e de quebra, conhecer o exterior. Assim, é o intercâmbio. E se você acredita que esse sonho está fora de cogitação de se tornar uma realidade na sua vida, saiba que não é bem assim. O mercado oferece uma série de possibilidades para quem quer investir no intercâmbio, com alternativas adequadas ao bolso e as necessidades de cada um. Tem até cursos específicos para quem não domina nada de outro idioma. Sem grana? Financie ou entre em um consórcio para pagar a viagem. Já é um bom caminho percorrido. Afinal, para ver esse projeto sair do papel, a palavra de ordem é: planejamento. “Uma boa dica é, antes de tudo, procurar saber sobre programas personalizados e planejar o pagamento com, no mínimo, um ano antes do embarque”, ensina Gabrielle Vieira, da Word Study.

Tempo no exterior
Além do idioma, a experiência de vida e o conhecimento de novas culturas também enriquecem o currículo. Portanto, o tempo que vai ficar lá também vai depender de suas prioridades e dos compromissos que deixou no Brasil antes de viajar. Aos poucos, o intercambista se relaciona e se familiariza com a “nova casa”. “Mas é importante ter determinação e vontade”, salienta Gabrielle. Se a ideia é voltar dominando o inglês, por exemplo, esse objetivo vai depender do tempo que você tem para isso. Para o inglês desde o básico, o ideal é permanecer fora cerca de seis meses, no mínimo. Já para quem vai apenas aprimorar o método de conversação, de um a dois meses é tempo suficiente. Gabrielle garante: “Não é necessário passar um ano para saber se virar no exterior”.



Benefícios
Além de ser uma experiência enriquecedora, o intercâmbio ajuda a conhecer e respeitar as diferenças. É também um grande diferencial no currículo e a bagagem tem peso significativo num processo seletivo. “O mercado muda constantemente e a procura de profissionais adaptáveis e flexíveis também. O intercambista, normalmente, obtém esse requisito”, avisa Gabrielle. Se você percebe que sua empresa incentiva e se preocupa em investir no colaborador, aproveite as oportunidades, demonstre desempenho e conquiste esse benefício. “É possível aproveitar as férias do trabalho para investir no intercâmbio. Tire um mês para ficar fora, mas planeje antes. A empresa o verá como alguém que procura crescer sempre”, afirma a especialista.

Para onde ir
Canadá, Austrália, Chile, África do Sul, Irlanda e Nova Zelândia são ótimas opções para quem está sem grana. Nesses países, a moeda está em baixa e o custo das passagens, bem mais acessíveis. Viver nesses países também está mais fácil porque têm normas que permitem o brasileiro trabalhar para se sustentar. A África do Sul, por exemplo, atrai principalmente pela facilidade de entrar no país. Vale a pena investir!



Onde pesquisar (destaque)
Ainda está em dúvida de que programa escolher ou pra onde embarcar? Então use a internet a seu favor. Ela é uma ótima ferramenta de busca. Blogs, sites e Twitter são essenciais e ricos em troca de informações.

O que é Au Pair?
O programa é ótima opção para quem quer gastar pouco e aprender muito. O intercambista fica diretamente em contato com o idioma estrangeiro e sai do Brasil para morar em casa de família, tomando conta de crianças. Para quem tem entre 18 e 26 anos e já possui experiência com crianças, o Au Pair é perfeito. Mas pesquise, pois cada país possui tem suas normas. Alguns aceitam pessoas até 30 anos. O programa custa em torno de USS 225,00 (R$ 120,00). Mas o valor é instável, pois depende da queda ou alta do dólar.

Saiba mais!

segunda-feira, 17 de março de 2014

As polêmicas palmadas

A lei que causou polêmica dentro e fora dos lares brasileiros
Por Joyce Barreto -
Para revista 7dias -
Edição 382

Broncas, palmadas, beliscões e puxões de orelha faz parte de um processo pedagógico, da correção dos pais para os filhos. Sempre foi assim desde que o mundo é mundo. Mas uma lei que proíbe a prática do castigo físico contra crianças e adolescentes, assinado no dia 14 de julho de 2010 pelo presidente Lula. Sendo aprovado em 2011, em função do recesso eleitoral.
Não importa o tempo que passe, o assunto é fruto de polêmicas entre pais, educadores e psicólogos. A lei já existe há muito tempo e, segundo a advogada Ivone Zeger, nunca foi permitido educar por meio de agressão física, desde a existência do Estatuto da Criança e do Adolescente. “Os pais precisam educar com diálogo. O projeto serve como reforço, para reflitam e tenham consciência enquanto educam”, acrescenta.
        
Certo ou errado
Será que um tapinha no traseiro como correção é tão errado assim? Segundo psicólogos e pedagogos, esta forma de correção chama-se “tapa pedagógico”. A psicóloga infantil Susana Ribeiro afirma: “Muitos pais não tem um preparo psicológico para lidar com os filhos, principalmente pais de primeira viagem, quando as coisas fogem do controle, o correto seria uma conversa olhos nos olhos. Mas quando a situação foge do controle, o castigo ou um tapa no bumbum não faz mal a ninguém!”. O problema é quando esta forma de correção ultrapassa os limites e um tapinha pode se transformar em grandes surras e ocasionar traumas irreversíveis para crianças.



“Tapinha pedagógico”
Até ele pode ser denunciado. Mas é necessário testemunha. Qualquer pessoa que interpreta a ação contra crianças como maus tratos, pode denunciar o infrator ao Conselho Tutelar. A pena varia de acordo com o Código Penal: pode ser advertência, multa, até perda da guarda judicial. Dependendo da gravidade, dá até prisão de dois meses a um ano. Para lesões corporais graves, pena de um a quatro anos de reclusão. Zeger diz que é necessário atenção. Não é saudável que sirva apenas para intimidar os pais, avalia. “Se não houver um processo de conscientização, a lei não sairá da mesmice, mas não se pode exagerar. É importante saber interpretar esse ‘tapinha’”, alerta.

Sobre a lei
Garante ao menor o direito de ser educado sem castigos físicos seja em casa ou na escola. Propõe estimular a paciência e os bons ensinamentos dos pais. Atualmente, a lei condena maus-tratos em crianças, mas não especifica se físicos ou morais. O artigo 18 define “castigo corporal” como uso da força física que resulta em dor ou lesão. É considerado um ato abusivo. A proposta se aplica a todos os ambientes frequentados por menores.

Você pode ajudar!
Disque Denúncia: 181

segunda-feira, 10 de março de 2014

Vaidade nas Unhas

Gel, acrílica, siliconada. As técnicas que não saem de moda vão deixar as suas mãos glamorosas. Veja o que cabe no seu bolso e seja uma adepta também

Por Joyce Barreto -
Para revista 7dias -
Edição 382

Você tem mania de roer as unhas e morre de vergonha de expor suas mãos quando conhece um homem interessante? Isso tem solução! Unhas postiças. O mercado tem um leque de novidades para você cuidar das suas, e até fazer uma produção nas fracas e quebradiças. São várias técnicas, cada uma de acordo com as condições que seu bolso pode pagar: gel, porcelana, silicone, francesinha permanente e as tradicionais postiças à venda em perfumarias. Todas com a proposta de dar um banho de beleza em suas mãos. A manutenção deve ser feita regularmente, no mínimo a cada 15 dias, conforme o crescimento e com os cuidados que irá dispensar a elas. A aplicação varia entre R$ 100 e R$ 250. Portanto, pesquise e coloque as garras de fora com brilho, sedução e muito glamour.

Francesinha permanente
A produção que cativou as mais românticas agora também tem sua versão postiça. O processo é feito com uma camada de silicone. Na base, o cálcio é trabalhado delicadamente. O silicone protege o esmalte e fortalece as unhas. Com elas, você poderá fazer as unhas normalmente como de costume e pintá-las com as cores que desejar. Mas atenção: o esmalte só poderá ser retirado com removedor de esmalte. Jamais com acetona.
Manutenção: A cada três meses
Custo: R$ 165

Porcelana
Foi a primeira técnica artística no Brasil. Considerada a mais resistente, é indicada para todo tipo de unha, principalmente para quem rói ou necessita de maior resistência por executar trabalhos domésticos e digitação por muitas horas. É feita com resina acrílica em pó, por isso garante maior durabilidade.
Manutenção: A cada três semanas
Custo: ente R$ 50 e R$ 60

Gel e silicone
A técnica usa gel antialérgico e não tóxico. A secagem deve ser feita com lâmpada ultravioleta. Quem optar pelo material deve ter cuido para garantir a durabilidade da produção. O produto é como uma capa de gel. Aconselha-se que as unhas sejam estruturadas. Por isso, não é a melhor opção para quem tem unhas roídas e descamadas. O resultado fica natural e com aspecto de que a unha de mais delicada.
Manutenção: A cada 15 dias
Custo: entre R$ 40 e R$ 50


Acrigel
Ela dura cerca de duas horas para ficar pronta. As unhas ganham mais estruturas e resistência com a mistura de pó acrílico e gel. Deve ser aplicada apenas por um profissional. A vantagem do procedimento está na higienização das unhas. Não é necessário retirar as cutículas, porque cobre as peles em volta dos dedos.
Manutenção: De 15 a 20 dias
Custo: entre R$ 50 e R$ 60

Alongamento
É uma ótima técnica para unhas roídas, fracas que descamam e ocasiões especiais. A técnica promete manter o esmalte por até duas semanas e você pode realizar suas tarefas cotidianas sem problemas. O alongamento pode ser feito tanto em gel quanto em pó acrílico. É seguido por base até o comprimento desejado. Se for cuidadosa, a unha poderá durar até 3 meses. A técnica não estraga as unhas. Mas algumas pessoas se queixam de maior sensibilidade no início, o que prejudica o crescimento delas.
Manutenção: conforme a necessidade
Custo: 165,00

CONTRAINDICAÇÃO!
Gestante, diabético, menor de 15 anos e pessoas que estão submetidas a tratamento quimioterápico não devem adotar nenhuma das técnicas de unha postiça. Na dúvida, converse antes com seu dermatologista.

DICAS DE ONDE ENCONTRAR
Salão Pretty Nails, São Paulo
(11) 5531-3255

Tampopo, São Paulo
(11) 3061-2628 e 3062-0401

Atelier das unhas, Rio de Janeiro
(21) 2507-4386 e 2509-3752

Posted on segunda-feira, março 10, 2014 | Categories:

segunda-feira, 3 de março de 2014

Massagem para cães

Conheça os benefícios do massopet para relaxar, aliviar dores, ativar a circulação e até proporcionar mais disposição ao seu fiel companheiro

Por Joyce Barreto
Para Revista 7dias
Edição 381

Quem não abre mão de uma boa massagem conhece muito bem todos seus benefícios. A boa notícia é que os animais também podem usufruir desses momentos relaxantes com procedimentos tradicionais e até drenagem linfática para cães e gatos. O personal massopet Walfrido Barbosa, do Pet Real, explica que as técnicas são as mesmas. O que diferencia é o tempo da sessão que varia conforme o porte do animal: cerca de 20 minutos nos pequenos, e 30 minutos em médios e grandes. A massopet é uma técnica nova no Brasil, mas tem ganhado adeptos. “As pessoas gostam porque percebem que propicia momentos de relaxamento para seus pets”, ressalta Barbosa. Segundo ele, além do relaxamento dos músculos, por meio da massagem, é possível descobrir outros problemas, perceber inchaços, anomalias na pele, queda de pelos, nódulos, áreas sensíveis e até alergias. Funcionam também para o animal que fica muito sozinho em casa e tem necessidade de atenção. Esses bichos costumam ser hiperativos e acabam fazendo travessuras. “Aí eles levam broncas e tendem a ficar deprimidos. Para eles a massagem é fundamental, porque estimula a sensação do toque. Um gesto que todos necessitam”, diz Barbosa.

Como são feitas
As massagens são realizadas com as mãos através de movimentos leves ou com maior pressão, de acordo com a necessidade e objetivo desejado. Costumam ser feitas por deslizamento, amassamento, pressão, percussão e alongamento.

Benefícios
A massoterapia em pets proporciona excelentes resultados em casos de artrite, tensão, rigidez, displasia, problemas na coluna e do aparelho digestivo, além de depressão, carência por maus tratos, adaptação ao novo lar e gestantes. No geral, os animais ficam mais calmos, especialmente os agressivos e ariscos. A técnica ainda diminui o estresse, relaxa a musculatura, minimiza a ansiedade e a hiperatividade, e ainda ativa a circulação do sangue. Os animais idosos são os que mais precisam do tratamento. “A técnica ajuda no fortalecimento dos músculos, busca manter a postura e o equilíbrio, deixando os animais idosos mais animados e rejuvenescidos”, assegura. Normalmente, o animal fica mais confortável, animado, disposto, se alimenta melhor e brinca mais. As sessões podem ser aplicadas de um a dois meses. Dependendo do caso, o tratamento pode durar de cinco a dez sessões.

Contraindicação
A massagem deve ser evitada em casos de doenças infectocontagiosas, hemorrágicas em geral, queimaduras e dermatites ulcerativas, processos inflamatórios agudos internos e externos, febre, fraturas e estados terminais.



Pode fazer em casa?
É necessário tomar alguns cuidados nessa hora. “Se o dono desconhecer a patologia existente no animal, é perigoso machucá-lo”, afirma o massoterapeuta, que não recomenda aplicações de todas as técnicas sem acompanhamento profissional. “Não podemos descartar a ideia de que pode ocorrer algum incidente. O dono pode optar por massagens suaves como T-Touch e Shantala, que funcionam através apenas do toque mais leve e afetuoso”, pondera.

QUANTO CUSTA E ONDE ENCONTRAR
Na clínica: R$ 45,00
Atendimento domiciliar: R$ 65,00
Clínica Real Pet: (11) 3755-1037
Walfrido Barbosa: (11) 3715-8180/ 8604-6704
Posted on segunda-feira, março 03, 2014 | Categories: