quarta-feira, 9 de abril de 2014

Coluna no lugar

Respeite seu corpo. Aprenda a disciplinar-se com movimentos que evitam as dores nas costas
Por Joyce Barreto - 
Para Revista 7dias  -
 edição 375

Sua postura merece atenção! Não vacile. Caso contrário, poderá sofrer sérias lesões. Cuidados no trabalho, no ônibus, na caminhada e até na hora de dormir são fundamentais para evitar problemas. Andar sempre de ombros caídos, pescoço curvado e coluna torta, ou ainda sentar-se quase deitando, deixando o pescoço inclinado, são hábitos que comprometem a saúde e desfavorece a aparência. Então, veja como colocar sua coluna no lugar e conquistar uma aparência mais elegante.

No trabalho

Permanecer em uma só posição por muito tempo é um problema. Procure deixar o computador na direção de seus olhos sem que você precise virar o pescoço para o teclado. O apoio para as mãos também é necessário. Ocupe todo o acento da cadeira com o quadril e apoie as costas inteiras no encosto de maneira que a coluna e o pescoço fiquem eretos. Se sentir dores, levante-se e ande um pouco, nem que seja até o banheiro. Faça intervalos de 30 minutos para alongar os braços e as pernas. Incline as costas e relaxe o pescoço. Volte à posição ereta.

Disciplina em todo lugar
A mesma postura no acento vale para qualquer lugar, seja no ônibus, no carro, enquanto se alimenta. É essencial manter as costas eretas e alongar-se sempre que possível. Se a dor surgir enquanto permanece em pé e não tiver como sentar-se, alongue as costas e descanse, apoiando o corpo em uma das pernas, enquanto flexiona levemente o joelho da outra. Quando cansar, troque a perna. As costas devem estar sempre retas e os ombros inclinados para trás.

Exercícios

Praticar atividade física é fundamental. Inclua em sua rotina alongamentos musculares assim que acordar e durante o dia enquanto. Ioga, pilates, natação e hidroterapia são atividades que ajudam na postura e até beneficiam no desenvolvimento dos ossos e da musculatura na primeira infância. Para quem já tem o costume de andar com os ombros caídos para frente e relaxando a musculatura forçando o peso na cintura, opte por alongamentos focados nos ombros e no peito. Esportes aquáticos são boas indicações. A ideia é forçar os ossos e empinar a região lombar, permanecendo com a coluna ereta.

Vilã do milênio
A LER (Lesão por Esforço Repetitivo), consequência do desgaste dos tecidos do corpo, juntas, ligamentos, tendões, nervos e músculos, é o grande mal dos tempos modernos. Ela atinge especialmente as pessoas que passam muito tempo fazendo uma só atividade. Se é o seu caso, procure intercalar os movimentos.

Ajuda de especialista
Problemas de postura são mais complexos do que se pode imaginar. Um pequeno incômodo pode progredir para uma doença perigosa. Neste caso, a visita a ortopedista, reumatologista, fisioterapeuta ou neurologista poderá dar garantir um diagnóstico preciso e um tratamento eficaz.

Até na hora de dormir
Dormir bem é importante para relaxar e descansar. O colchão deve ser plano, nem duro e nem mole demais, desde que deixe as costas retas. Certifique-se da qualidade antes de investir no seu. Quanto ao travesseiro, leve em conta que precisa preencher o espaço entre a cervical e a nuca e ter uma altura que se encaixe entre a distância do ombro e pescoço para evitar lesões. Dormir com a barriga para baixo não é recomendado. Isso implica em problemas lombares e na torção dos ossos. Cuidado!

Fonte
Entrevista: Conselho de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Estado de São Paulo: www.crefito.com.br

0 Opiniões: