segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Meu dente quebrou, o que faço?

Saiba o que fazer quando uma fratura, queda de obturação e até uma simples lasca acontece na hora mais inoportuna

Saiba o que fazer quando uma fratura, queda de obturação e até uma simples lasca acontece na hora mais inoportuna
É tanto corre-corre, que nem o horário de almoço é possível fazer direito: você come com pressa, bota força na mastigação e, de repente, sente que mordeu algo que não deveria e... Humm. Quebrou um pedaço do dente! Pois é. Saiba que traumas assim são mais comuns do que imagina e tiram qualquer um de sua sanidade mental. Tem gente que até chora. Segundo o cirurgião Moacyr Menéndez, do Espaço Aberto, os acidentes dentários se dividem em fratura coronária dental, fratura radicular dental, luxação e avulsão. Saiba como proceder diante de qualquer uma dessas situações, especialmente numa fratura coronária, quando quebra apenas um pedaço do dente, mas a base permanece na boca.

Avulsão
É quando o dente cai por inteiro. Procure-o e evite manipulá-lo pela raiz. Nunca remova a carne que está em torno do dente. Segure-o pela coroa do dente (parte visível do dente), lave-o com cuidado com soro fisiológico ou água limpa ou leite. Tente recolocar o dente no alvéolo dental com uma manobra cuidadosa, pois o alvéolo dentário pode estar cheio de sangue não o remova. Caso não seja possível, o implante será a solução imediata. Armazene o dente num recipiente com soro fisiológico e procure um dentista, pois o tempo é fundamental para a preservação do dente.

O que fazer em três situações
Fratura coronária
Procure o pedaço que quebrou e mergulhe-o num soro fisiológico ou água limpa. Se em último caso você não tiver em mãos estes líquidos, coloque no leite. Vá a um cirurgião dentista com o fragmento dental. Muitas vezes poderá ser colocado ao remanescente dental.

Fratura radicular
Siga o mesmo procedimento citado na fratura coronária, leve a base do dente ao dentista e ele saberá qual o procedimento que deverá ser tomado.

Luxação
Uma lesão gerada por luxação provoca o abalo do dente, mobilidade ou desalinhamento sem provocar queda, além de formar um pequeno sangramento ao redor do dente. Neste caso, pegue uma gaze ou um lenço limpo e tente alinhar suavemente o dente com os demais. Não pressione o dente. Procure o dentista o mais rápido e não espere o dente escurecer, pois isso pode indicar uma mortificação pulpar com a necessidade imediata de um tratamento de canal. Após uma radiografia, seu dentista saberá o que fazer.

0 Opiniões: