segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Resenha: Uma aventura literária para meninas e meninos



Um livro infantojuvenil escrito por Márcia Kupstas e publicado no ano de 2006. A leitura é rápida e muito divertida, com uma linguagem apropriada para adolescentes de 12 a 16 anos. Conta a estória fictícia de sete meninas em suas fases de descobertas com idade entre 15 e 16 anos, elas formam O clube do beijo. Elas se reúnem e confiam umas nas outras como verdadeiras confidentes e dividem seus momentos e melhores experiências. Mas como todo clube, existem regras a cumprir, obviamente só se permite meninas e para fazer parte deste grupo, cada uma já deve ter tido a experiência do primeiro beijo. Qualquer confidência exposta deve ficar alí. E então se forma um pacto de confiança.

Para tornar as coisas mais interessantes, um grupo de amigos suspeitam que entre estas amigas acontecem muito mais do que trocas de confidências, é quando eles se reúnem e decidem espionar as meninas, e elas descobrem, é quando decidem ir atrás, e um deles, o mais estrambelhado se dá mal e acaba sendo capturado por elas. É como dizem, quando meninas se reúnem muitas ideias afloram, e então, as sete amigas decidem fazê-lo de refém, afim de que ele conte para elas como é a visão masculina sobre elas.

Márcia Kupstas escreveu o “Clube do Beijo” com uma riqueza de detalhes impressionante, o leitor consegue imaginar cenários e os perfis dos personagens facilmente. É isso que transforma a leitura em algo dinâmico e nutritivo para ideias e fantasias. Mas o que impressiona é que um livro com o foco em sete personagens femininas, o narrador de toda história, nada mais é que o rapaz azarado que fora capturado pelas amigas, chamado de Pica-Pau que possui um senso de humor inigualável, a narrativa é feita em primeira pessoa, porém divide os contos com cada uma das meninas que contam estórias que já aconteceram em suas vidas e se tornaram marcantes.

Cada estória contada é diferente e uma mais emocionante e empolgante que a outra. E é isto que faz todo ficar mais saboroso no livro, o leitor é instigado a querer saber mais de cada um dos personagens. E Pica-Pau faz questão de contar para os leitores o quanto acabou se divertindo com a estória de passar a noite no clube do beijo, batendo papo e dando suas opiniões sobre garotas, e ouvindo também a opinião delas sobre rapazes.

No meio desta experiência tão interessante, o narrador escolhe com qual menina ele se identifica mais, e se mostra um verdadeiro amigo para as meninas que também se divertiram muito com a novidade daquela noite clube do beijo, que por um acidente e descuido de Pica-pau tirou elas da rotina de suas reuniões.

O leitor de O clube do beijo passa por diversas emoções, a risada, o aperto no coração, o encanto, a vontade de saber mais, de saber o final, tudo se junta e vira uma explosão de sentimentos durante a leitura deste livro tão empolgante.

Fiz a leitura deste livro quando eu tinha 14 anos, estava na oitava série, foi indicada por uma professora de português, claro que a intensão na época é desvendar algumas dúvidas do adolescente, instigar a perguntar mais sobre questões que muitas vezes ainda são Tabus para algumas pessoas, ficadas, romances, namoro, sexo, a paixão. Claro que os tempos são outros, e em muitas escolas existem aulas com educação sexual, o que acho muito bacana. Na minha época de escola ainda não tinha, e o livro foi revelador, sem dúvida. Os assuntos são abordados de forma coerente, sem agressividade. Mas sim de uma forma amena, sutil e esclarecedora.

Confesso que li o livro duas vezes na vida, e ainda tenho guardado comigo. Sim, é nostálgico e fez parte de bons momentos do meu desenvolvimento.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Bons para dormir

Os alimentos que você deve incluir no seu cardápio para ter excelentes noites de sono





















A hora de dormir é sagrada e deve ser um momento prazeroso. Afinal, precisamos dele para repor energias, ter disposição e, principalmente, bom humor no dia seguinte. Mas nem todo mundo consegue desfrutar disso. Quem sofre de insônia que o diga. Um problema bem comum nos dias de hoje, afinal a correria eleva os níveis de estresse com tantas cobranças, problemas e agitações. Algumas pessoas perdem completamente o sono ou acordam no meio da noite e não conseguem mais voltar a dormir. Mas a solução para isso pode estar em sua alimentação. Alguns alimentos podem aterrorizar suas noites. Já outros ajudam a prevenir e até tratar esse terror noturno. “Essas pessoas devem evitar alimentos e bebidas, como pimenta, café, refrigerantes à base de cola, chocolate, chá mate, chá preto, canela, gengibre, gorduras, carnes vermelhas e massas com excesso de molho”, informa a nutróloga Liliane Oppermann. Uma pequena dose de álcool pode até induzir ao sono, porém, acaba não sendo produtivo se ela for maior, avisa a especialista, que indica os oito alimentos que vão fazer você ter noites de uma verdadeira Cinderela. Faça deles seus aliados. Que tal montar um cardápio rápido com nossas sugestões?

8 alimentos que você pode incluir no prato para ter noites tranquilas
Alface
É um alimento reconhecido por sua propriedade calmante e indutora do sono. A melhor forma de consumi-la é no jantar com molho de iogurte natural e ervas finas.

Cereal
Os cereais são ricos em fibras e até ajudam na perda de peso. Seu consumo, aliado a alimentos ricos em triptofano, ajuda a sintetizar melhor o aminoácido e, com isso, garantir uma boa noite de sono.

Vegetais verdes
Eles são ricos em magnésio, cálcio e vitamina B ajudam na hora de acalmar o corpo.

Noz-moscada
Este tempero já vem sendo usado há muitos anos em outros países como sonífero. Não é o máximo?

Chá de camomila
Funciona como excelente relaxante muscular. É ideal para pessoas que praticam musculação.

Hortelã
Contribui para o relaxamento dos nervos e boa digestão. Seu uso é indicado após as refeições.


Leite
O leite contém o aminoácido triptofano, que relaxa os músculos e induz o sono.

Maracujá
A fruta possui algumas propriedades que funcionam como calmante. Por esse motivo, além de acalmar, relaxa e faz dormir.

Um jantar para cair no sono
Aproveite as propriedades da alface e experimente consumi-la com molho de iogurte. Para beber, bata no liquidificador 1 limão espremido, ½ laranja, 1 copo de água, 1 colher  de chá de capim-cidreira e adoce a gosto. Não tem erro. É tiro e queda para uma boa noite de sono. Como sobremesa, mousse de maracujá light.

Mousse de maracujá Light
1 copo de iogurte desnatado
1 colher (chá) de gelatina sem sabor
100ml de água
1 colher (sopa) de polpa de maracujá
1 clara em neve
Adoçante a gosto

Modo de preparar
Dissolva a gelatina na água quente, junte ao iogurte, o maracujá e o adoçante. Bata tudo no liquidificador e por último dê uma leve misturada com a clara em neve e leve à geladeira por pelo menos 1 hora.